Laudo solicitado pelo Flamengo confirma gritos racistas contra Gabigol, que é chamado para depor

Perito também comprova veracidade do vídeo, que não sofreu edição. Material já está com o TJD, que abriu inquérito

O laudo solicitado pelo Flamengo confirmou que houve gritos racistas contra Gabigol na partida contra o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, após análise feita por um perito. Também houve a confirmação de que a gravação apresentada é autêntica, sem edição.

O laudo foi enviado para ao TJD, que havia aberto inquérito para apurar o caso. Gabigol foi convocado para dar seu depoimento na próxima sexta-feira – como ele estará em Cuiabá com o Flamengo, terá que ser feito de forma virtual.

Alvo de injúria racial, Gabigol usou o alcance de suas redes sociais para protestar. Depois do Fla-Flu, ele passou a comemorar seus gols também com o punho direito cerrado e erguido, um símbolo da luta contra o racismo.

– No momento, eu ouvi quando estava descendo para o vestiário, mas estava tão focado no jogo que acaba passando muito rápido, e eu sabia que depois teria alguma imagem para que eu pudesse provar. A gente não conseguiu achar quem foi, mas é uma cena muito triste porque meus pais e meus amigos estavam lá. É algo que não é viável e que não tem tamanho para quem passa por isso. Fiz isso e faço porque posso representar muitas pessoas que sofrem, e a gente não vê. Ter um exemplo e uma voz ativa é muito importante. Espero que as devidas medidas sejam tomadas. Vi que o Flamengo está se posicionando, o Fluminense tem ajudado, muito legal também receber a mensagem do Vasco. Não é só futebol, é algo que todos devemos entender que não deve existir isso – disse à FlaTV.

Gabigol protesta contra o racismo ao comemorar gol do Flamengo — Foto: Paula Reis/Flamengo

+ sobre o tema

A cor do privilégio

Eduardo Guilherme de Carvalho Mota Falando de modo...

Professora é detida por racismo contra médico negro na Bahia

A professora Creuzenilda da Silva Lima, 45 anos, foi...

FGV suspende aluno por 3 meses após ofensa racista

O acusado teria compartilhado uma foto da vítima em...

para lembrar

spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=