Governo Alckmin institui ‘gabinete antiprotesto’ em SP

O Palácio dos Bandeirantes passou a monitorar manifestações organizadas nas redes sociais para evitar que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) seja alvo de protestos em agendas públicas. Nos últimos seis dias, o governador não foi a dois eventos em que a sua participação estava prevista. Ambos foram marcados por atos contra o governo, detectados pelas cúpulas da Casa Civil e da Comunicação do Palácio.

O primeiro furo na agenda foi na última quarta-feira, na missa na catedral da Sé pelo aniversário de São Paulo. O evento ficou marcado pelas imagens do prefeito Gilberto Kassab (PSD) sendo atingido por ovos atirados por manifestantes. O segundo evento foi no último sábado, quando o governador faltou à inauguração da nova sede do Museu de Arte Contemporânea (MAC), na qual também houve protestos. Em nota, a assessoria de imprensa do governo negou que Alckmin tenha faltado à inauguração do MAC, alegando que ele tinha outro compromisso na região da Luz. Em relação à missa na Sé, foi informado que ele não compareceu por “uma questão familiar”.

 

 

Fonte: Terra

+ sobre o tema

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e...

para lembrar

“Oportunista”, diz Jean Wyllys após Cunha estender cota aérea a deputado gay

Jean Wyllys: Cunha é “cínico e oportunista” ao estender...

O desmonte do programa CULTURA VIVA e dos Pontos de Cultura sob o governo Dilma

Acaba de sair nova edição da revista Murro...

Mais parecidos do que diferentes – Por: Fernanda Pompeu

Quem disse que temos mais histórias em comum...

Respeite o Hip- Hop

Fonte: Cufa- Luiz Eduardo Soares Antropólogo e Cientista ...

Janja defende direito ao aborto legal, diz que projeto é ‘absurdo’ e afirma que Congresso deve garantir acesso ao SUS

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que do projeto de lei (PL) 1904, que quer colocar um teto de 22 semanas no acesso ao...

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a tramitação em regime de urgência do projeto de lei que equipara aborto acima de 22 semanas...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque...
-+=