quarta-feira, agosto 10, 2022
InícioSem categoriaGoverno amplia medicamentos a todas as pessoas com HIV

Governo amplia medicamentos a todas as pessoas com HIV

São Paulo – O Ministério de Saúde anunciou hoje (1°), Dia Mundial de Luta contra a Aids, mudanças no atendimento a pessoas portadoras do HIV. A partir de agora, assim que a pessoa for diagnosticada com o vírus, ela receberá o tratamento imediato na rede pública.

O protocolo que era usado pelo SUS não previa o uso de medicamentos a partir do momento que a pessoa contraía o vírus. As drogas só eram ofertadas ao paciente que desenvolvia a Aids e tinha menos de 500 CD4 (células de defesa do organismo) por milímetro cúbico de sangue.

A medida tem o objetivo de reduzir as possibilidades de transmissão e oferecer melhor qualidade de vida ao paciente, que será tratado com antirretrovirais, explicou o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Jarbas Barbosa.

Segundo Barbosa, o tratamento reduz a carga viral e diminui a propagação do HIV. A estimativa é incluir mais 100 mil pessoas no tratamento, em 2014, com a mudança de protocolo. Desde o início da oferta de antirretrovirais pelo sistema de saúde, há 17 anos, 313 mil pessoas foram atendidas. “Esse novo protocolo clínico mudará a história da epidemia da aids no Brasil”, disse o secretário, sobre a mudança no tratamento.

O Ministério da Saúde também anunciou hoje, no Rio, que começa a estudar a ampliação da profilaxia contra a doença na rede básica de saúde. A meta é oferecer medicamento de prevenção, que deve ser tomado em 72 horas após a provável exposição ao HIV.

Durante evento com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no Parque Madureira, na zona norte da cidade, a prefeitura informou que a estátua do Cristo Redentor será iluminada hoje de vermelho, para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids.

Dilma
A presidenta Dilma Rousseff escreveu hoje (1º) em sua conta no Twitter que o Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado neste domingo, é uma data para reforçar a solidariedade com as pessoas infectadas pelo HIV. Dilma observou que o Ministério da Saúde está lançando campanha para disseminar os testes gratuitos e rápidos que detectam a presença do vírus no organismo.

“Quem descobre o vírus da aids a tempo de se cuidar pode viver com mais qualidade”, escreveu a presidenta, acrescentando que não se brinca com o vírus HIV e que o governo está avançando no protocolo para dar início ao tratamento assim que seja confirmada a presença do vírus. “Vários estudos demonstraram que o uso precoce de antirretrovirais reduz em 96% a taxa de transmissão do HIV”.

Fonte: Rede Brasil Atual

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench