Imposto de Renda 2023: prazo de entrega vai de 15 de março a 31 de maio, informa Receita

Enviado por / FonteG1, por Alexandro Martello

De acordo com o Fisco, prazo, um mês mais longo que em anos anteriores, visa permitir que contribuintes possam usufruir da declaração pré-preenchida.

O prazo para entrega da Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física 2023 (referente ao ano-base 2022) foi ampliado neste ano e vai até 31 de maio. O tempo para este procedimento costumava, até o ano passado, a terminar em abril. Com a extensão, contribuintes terão de 15 de março até o final de maio para apresentar sua documentação.

A declaração pré-preenchida é oferecida ao contribuinte a partir do que é informado em outro tipo de documento: a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), entregue ao órgão até o final de fevereiro.

Os dados da Dirf, fornecidos por pessoas jurídicas pagadoras, empresas do ramo de imóveis e prestadores de serviços de saúde, são processados e, em seguida, utilizados para o preenchimento prévio das declarações de pessoas físicas.

De acordo com o supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda, auditor fiscal José Carlos Fernandes da Fonseca, a declaração pré-preenchida proporciona menos erros e maior comodidade ao contribuinte.

“Como a maioria das informações que serão disponibilizadas aos contribuintes na declaração pré-preenchida chegará à Receita Federal no final de fevereiro, há a necessidade de um prazo para a consolidação dos dados”, acrescentou o supervisor do IR.

Declaração pré-preenchida

A opção de declaração pré-preenchida existe desde 2014, mas era necessário ter certificado digital para utilizá-la, o que restringia o número de usuários. No ano passado, a declaração pré-preenchida pôde ser utilizada por todos os contribuintes com conta gov.br nos níveis ouro ou prata.

Esse tipo de declaração possui informações relativas a rendimentos, deduções, bens e direitos e dívidas e ônus reais e que são carregadas automaticamente, sem a necessidade de digitação.

Para oferecer a declaração pré-preenchida ao contribuinte, são utilizados:

  • Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf) de pessoas jurídicas pagadoras;
  • Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf) de empresas do ramo de imóveis;
  • Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf) de prestadoras de serviços de saúde;
  • Informações do contribuinte fornecidas no ano anterior.

Em 2022, a Receita Federal lembrou ao contribuinte que era de sua responsabilidade a verificação da correção de todos os dados pré-preenchidos na declaração, “devendo realizar as alterações, inclusões e exclusões das informações necessárias, se for o caso”.

+ sobre o tema

Nath Finanças: Pequenas economias do dia a dia que fazem diferença no fim do mês

Esqueceu de descongelar a comida e ficou com vontade...

Dilma nomeia Lula para chefiar missão do governo brasileiro na África

Por: Iara Lemos Ex-presidente participará da Assembleia Geral da União...

Comércio entre Brasil e África cresce 416% em 10 anos

  Os números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio...

Derrota escancara dissonância na esquerda

Martin Schulz (Source: AP) Após falharem para capitalizar eleitoralmente a...

para lembrar

As cinco estratégias favoritas dos ricos para sonegar impostos

Marcelo Justo  A multa de mais de US$ 2,5 bilhões...

Brasil tem o 3º pior salário mínimo do mundo, aponta estudo

Pesquisa analisou rendimento mínimo garantido por lei em 37...

Há muito a dialogar sobre programas de inclusão dos negros na economia

O Dia da África nos remete a um dos principais marcadores...

Tá ruim, mas tá bom

Autor: Mauricio Pestana Dias atrás, convidado por Manoel Henriques Garcia,...

Brasil quer levar desigualdade e impostos para a mesa de discussão do G20

O governo brasileiro pretende levar para a mesa de discussão do G20 os efeitos da desigualdade e sua relação como a política econômica e...

Uso de cheques no Brasil cai 95% desde 1995

O número de cheques usados pelos brasileiros em 2023 apresentou queda de 17% em relação ao ano de 2022, segundo informou nesta segunda-feira (22) a Federação...

Imposto de Renda 2024: prazo de entrega da declaração vai de 15 de março a 31 de maio

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2024 será entre os dias 15 de março e 31 de maio....
-+=