Inscrições para Programa de Bolsas para Afrodescendentes seguem até dia 18

As inscrições para o Programa de Bolsas para Afrodescendentes 2013, promovido pelo Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas, seguem até o dia 18 de fevereiro

 

O objetivo da iniciativa é proporcionar aos afrodescendentes a oportunidade de aprofundar a compreensão dos instrumentos e mecanismos do Sistema de Direitos Humanos das Nações Unidas. O programa tem como foco questões de relevância para as pessoas de ascendência africana, visando permitir aos participantes a promoção dos direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais dos afrodescendentes em seus respectivos países e comunidades.

O primeiro Programa de Bolsas para Pessoas de ascendência africana foi lançado pela Unidade Anti-Discriminação do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos em 2011, no contexto do Ano Internacional dos Afrodescendentes. Neste terceiro ano, o programa de bolsas será realizado de 15 de abril a 03 de maio de 2013, em Genebra, Suíça, coincidindo com a 12ª Sessão do Grupo de Trabalho de Especialistas sobre Afrodescendentes. Isso permitirá aos participantes estarem inclusos no secretariado da sessão e, assim, obter uma melhor compreensão do seu mandato e trabalho.

Direito dos Participantes

Os participantes selecionados terão direito a uma bolsa para cobrir alojamento, as despesas básicas em Genebra, seguro básico de saúde, bem como um bilhete de ida/volta em classe econômica.

Quem pode se candidatar?

O candidato deve ser afrodescendente vivendo na Diáspora; ter no mínimo quatro anos de experiência no tratamento de questões relativas aos afrodescendentes ou minorias; ter domínio suficiente do idioma inglês para poder participar plenamente do programa e estar disponível para permanecer durante toda a duração do programa.

Como se candidatar?

Os candidatos(as) interessados deverão apresentar inscrição por e-mail para: [email protected], ou por fax para: +41 22 928 90 50

Observações importantes

a) colocar claramente no cabeçalho o assunto: “Application to the 2013 Fellowsship Programme for People of African Descent”; 
b) é necessário preencher e anunciar em todos os documentos 1º o sobrenome e depois o nome. Exemplos:
SMITH, Jacqueline; SILVA, João; SANTOS, Maria Aparecida.

Documentos necessários

1.    Application form: encontrado no site, preenchido, assinado e escaneado.
2.    Curriculum Vitae
3.    Carta de motivação (máximo de 500 palavras), na qual o candidato (a) explicará sua motivação para a candidatura, e o que ele/ela espera alcançar através da bolsa e como usará o que aprendeu para promover os interesses e os direitos dos afrodescendentes.
4.    Uma carta de apoio de uma organização afrodescendentes ou comunidade.
5.    Cópia do Passaporte

Processo de Seleção

Na seleção dos bolsistas a ordem de chegada das inscrições, as questões de gênero e o equilíbrio regional serão levados em conta. Assim como os direitos humanos dos afrodescendentes no país. Os documentos deverão estar em inglês. E somente os candidatos pré-selecionados serão contatados.

Dúvidas relativas ao Programa de Bolsas pode ser dirigida a:
[email protected]

Fonte:

Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

+ sobre o tema

Campanha mundial denuncia trabalho escravo no Brasil

Uma campanha mundial para denunciar a continuidade da escravidão...

‘A situação está muito difícil’, diz fundador do AfroReggae

  RIO - Reconhecido pelo papel de mediador...

para lembrar

O Estado Terrorista

O que legitima e existência de um estado é...

Lutando contra conceitos equivocados e a logística para captar fundos no Brasil

Questões logísticas e a falta de conhecimento entre os...

Site permite convidar um refugiado para passar o Natal na casa de brasileiros

O 'Meu Amigo Refugiado' faz a ponte entre os...

É preciso avançar sobre terras indígenas?

Portaria do Ministério da Justiça que muda o rito...
spot_imgspot_img

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU em Genebra, na Suíça, com três principais missões: avançar nos debates...

Conselho de direitos humanos aciona ONU por aumento de movimentos neonazistas no Brasil

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), órgão vinculado ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, acionou a ONU (Organização das Nações Unidas) para fazer um alerta...

Ministério lança edital para fortalecer casas de acolhimento LGBTQIA+

Edital lançado dia 18 de março pretende fortalecer as casas de acolhimento para pessoas LGBTQIA+ da sociedade civil. O processo seletivo, que segue até...
-+=