Jornalista José Geraldo Mion Oliveira lança livro “Jongo – do cativeiro aos dias atuais”

O professor e jornalista, José Geraldo Mion Oliveira, acaba de lançar seu primeiro livro: “Jongo – do cativeiro aos dias atuais”. A obra registra trechos sobre a saga da escravidão africana no Brasil, em especial, na província do Espírito Santo, durante o período monárquico.

do Vitrine Capixaba

De acordo com o autor, o livro tem o objetivo de contribuir para com a propagação e difusão do jongo, cultura de raiz africana enraizada no Brasil desde o século XVI e, marca identitária de comunidades quilombolas de Itapemirim, município sul capixaba.

O escritor salienta que a obra tende a contribuir, principalmente, na rede pública de ensino, uma vez que há a obrigatoriedade de aplicação da Lei Nº 10.639/03 que torna obrigatório o ensino de História da África, cultura africana e afro-brasileira no currículo da educação básica.

“Jongo – do cativeiro aos dias atuais” narra a trajetória dos escravos que trazidos da África, apesar de açoitados no Brasil, lutaram durante séculos pela liberdade, resistindo à torturas das piores imagináveis até a morte.

O legado deixado por negros africanos no Novo Mundo é resultado de uma riqueza cultural e história extensa. Entre outros relatos, estão a cantoria dos escravos nos canaviais e cafezais, a resistência nos quilombos, o sofrimento pelas mãos de ferro dos coronéis e dos senhores de engenho.

O último capítulo homenageia Mestra Quequê, jongueira responsável pela manutenção do jongo em Itapemirim e pela  tradição do folguedo na região, onde desenvolve um trabalho de resgate com 25 crianças da comunidade Santo Antônio, onde o folclore nasceu.
José Geraldo Oliveira



+ sobre o tema

Morre, aos 95 anos, Dona Neném, baluarte da Portela

Morreu, na madrugada desta segunda-feira, aos 95 anos, Yolanda...

Diretor executivo da Raça Brasil faz palestra gratuita na Livraria do Comendador

Diretor executivo da Raça Brasil faz palestra gratuita na...

Movimento quilombola divulga carta contra racismo e pedindo titulação de terras

Conaq ressalta a importância da aprovação do Decreto Federal...

Branquearam o futebol – por Juca Kfouri

O perigo da elitização dos estádios na contramão...

para lembrar

Feliz Kwanzaa!

Por Hernani Francisco da Silva O natal de muitos...

Joaquim Barbosa vira máscara e já é aposta para o carnaval

Políticos, personagens da TV e atletas. As figuras que...

Estamos sendo justos com Pelé?

No momento em que Pelé deixou o Hospital Albert Einstein,...
spot_imgspot_img

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

Gilberto Gil é homenageado na Uerj por contribuições culturais ao país

Cantor, compositor, escritor, produtor musical, imortal da Academia Brasileira de Letras, ex-ministro da Cultura. Dono de vários talentos e posições, Gilberto Gil ganhou nesta...

Obrigada Shirley

É com muita tristeza que compartilhamos a notícia do falecimento da Shirley Villela, nossa companheira e amiga, tecedora da Redes da Maré, de 2013...
-+=