José Trajano critica a ESPN por convidar Danilo Gentili para o “Bate-Bola”

O tradicional “Linha de Passe”, da ESPN Brasil, ofereceu um momento diferente aos espectadores na noite de sexta-feira (27). Abrindo o programa, José Trajano ofereceu solidariedade às mulheres vítimas de estupro no Brasil e apoio à campanha pelo fim da “cultura do estupro”.

Por Mauricio Stycer, do UOL

Em seguida, dizendo representar um grupo na ESPN, Trajano fez um protesto. “Porque o canal abrigou esta semana um personagem engraçadinho, que se porta como um sujeito que faz apologia do estupro. Em nome do humor, dizendo que no humor cabe tudo. Esse grupo ficou enojado com a presença dele”.

Embora não tenha citado o nome, a referência foi a Danilo Gentili, que na última terça-feira (24) participou do “Bate-Bola Debate”. Em um comentário que ficou famoso no Twitter, o humorista escreveu: “O cara esperou uma gostosa ficar bêbada pra transar com ela. Todos sabemos o nome que se dá pra um cara desses: Gênio”.

Segundo Trajano, Gentili foi convidado ao programa da ESPN “talvez por descuido da produção, uma produção alienada e não comprometida com o que acontece no país.” O jornalista foi diretor de jornalismo da emissora por 17 anos, até 2012. Desde então, atua como comentarista no canal.

 

Leia Também:

O desabafo de Trajano

+ sobre o tema

17 caras que não estão nem aí para regras de estilo por gênero

por Tolani Shoneye no BuzzFeed A photo posted by Ramoan Bruce...

Mulheres negras em marcha: racistas não passarão!

Na semana da Consciência Negra, cerca de 50 mil...

Mobilizadas, mulheres negras ampliam presença na política

Em meio à triste notícia do expressivo crescimento da bancada...

para lembrar

Me vi no cinema – Por Elisa Lucinda

Se, na primeira vez, o filme “Café com canela”...

Na origem de um feminismo negro

Nova obra destaca, entre sonho e história, figura mítica...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=