Jovens fazem ‘rolezinho’ no Shopping Barra

 

 

Dezenas de jovens de vários movimentos sociais realizaram um ‘rolezinho’ no Shopping Barra, em Salvador, na tarde deste sábado, 1º. A manifestação, que foi pacífica, havia sido organizada pelo Facebook, onde foi intitulada de “Rolezinho das Antigas”.

Eles se concentraram na Rua Padre Feijó, no Canela, e depois seguiram em direção ao centro de compras, onde chamaram a atenção de vários clientes.

No estabelecimento, eles fizeram um protesto na praça central. Os manifestantes, que utilizaram uma caixa de som e um microfone durante o ato, tocaram hip hop e dançaram break dance.

O protesto, segundo eles, foi contra o preconceito e pelo direito de ir e vir dos jovens da periferia nos estabelecimentos comerciais.

Participaram da manifestação integrantes do Movimento Negro, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), do Movimento Passe Livre (MPL), membros da Intersindical Bahia e militantes sem partido.

A manifestação terminou sem nenhum conflito.

 

Jovens fazem 'rolezinho' no Shopping Barra

 

 

 

Fonte: A Tarde

 

+ sobre o tema

Negros bem-sucedidos incomodam racistas e são prova de mudança social

Uma vez que um racismo histórico, estrutural e estruturante...

Unesco e Barcelona lançam campanha contra racismo

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência...

Cotas: 10 anos de inclusão nas universidades públicas brasileiras

Em audiência pública com mais de três horas de...

Chacina em Campinas tem 12 mortos em quatro horas

Todos os crimes ocorreram na mesma região onde um...

para lembrar

Estatuto Racial: Canto a Palmares – por: Edna Roland*

Após a aprovação do Projeto 6264/2005, que institui o...

Liberdade para Miriam França

Na minha trajetória de luta contra o racismo e...

Maré de terror

Noite de segunda-feira, dia 24, um grupo não...
spot_imgspot_img

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....
-+=