Kassab deixa para próximo prefeito reforma no transporte

A gestão Gilberto Kassab (DEM) empurrou para seu sucessor a responsabilidade de reorganizar o transporte público, atualmente feito em São Paulo por 20 mil ônibus e peruas. Em norma publicada sábado no Diário Oficial da Cidade, os contratos dos 6 mil perueiros foram prorrogados até 2013. Como consequência, ficou adiada a nova licitação para o setor – que deveria sair neste ano.

A prorrogação adiou, por exemplo, a possibilidade de se reduzir o número de peruas no centro e nos principais corredores exclusivos. Essa reforma foi defendida publicamente pelo ex-secretário dos Transportes Alexandre de Moraes, em abril, como forma de melhorar a velocidade dos carros e das linhas operadas pelos ônibus e evitar a disputa entre as viações e as cooperativas pelas linhas com maior demanda de passageiros.

 

Pelo contrato atual, às peruas caberia pegar os passageiros dos ônibus nas principais avenidas e levá-los aos bairros em itinerários diferentes dos operados pelas viações. Mas, após sete anos, desde que o governo municipal fez a permissão do transporte público a oito cooperativas de peruas, isso não tem ocorrido na prática. Com a renovação da frota nos últimos três anos, 2.900 veículos operados pelos perueiros são biarticulados, iguais aos ônibus. Isso aumentou a disputa pelas linhas rentáveis, enquanto os trajetos dentro das regiões mais periféricas contam com poucos veículos.

 

A Prefeitura negou ontem que vai deixar a responsabilidade de uma nova licitação para o próximo governo. A licitação “deverá, sim, ter início nesta gestão”, afirmou, por meio de nota. Segundo a administração, será necessário um período de 180 dias para a aquisição da frota antes do início do contrato – em julho de 2013. O governo informou ainda que o aditamento do contrato por três anos e não por um (como defendia Moraes) foi para que os “permissionários possam financiar veículos novos”, pois está prevista a substituição de 1,7 mil até 2011. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fonte: MSN

+ sobre o tema

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e...

para lembrar

Parem a matança: regulamentem as drogas

As histórias que contamos a nós mesmos sobre as drogas costumam...

Câmara aprova Estatuto da Igualdade Racial

Fonte: Folha de São Paulo Com texto esvaziado dos...

Procurador-geral da República, Janot, pede prisão de Renan, Sarney, Jucá e Cunha

Janot também pediu afastamento de Calheiros da presidência do...

Dinamarca: a xenofobia derrotada

  Frente de centro-esquerda vence coalizão que ajudou a difundir...

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a tramitação em regime de urgência do projeto de lei que equipara aborto acima de 22 semanas...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira (13) atos de movimentos feministas contra o projeto de lei que equipara aborto a homicídio,...
-+=