Guest Post »

Licença-maternidade para casal de mães

Maira obteve licença-maternidade mesmo sem ter engravidado. O caso seria inédito no estado. Situação semelhante aconteceu em Brasília.

Por Marcionila Teixeira Do Diario de Pernambuco

Quando decidiram ampliar a família, a jornalista Maira Morais, 27 anos, e a fonoaudióloga Nathália Lins, 30, procuraram uma clínica de reprodução assistida e realizaram o sonho de ter um bebê. Gestada na barriga de Nathália, Maitê nasceu com 48 cm e 3,28 quilos, no último sábado. Agora, o casal homoafetivo alcançou mais uma conquista: Maira obteve licença-maternidade mesmo sem ter engravidado. O caso seria inédito no estado. Uma situação semelhante teria sido registrada apenas em Brasília.

“Durante esse período, me preparei, inclusive, para amamentar, apesar de não ter gestado o bebê”, explicou a jornalista. Ontem, o casal deixou a maternidade do Hospital Português. O próximo passo é procurarem o cartório para registrar Maitê com duas mães, algo já permitido nos cartórios do Recife.

Leia a matéria:

Nathália ingeriu hormônios para estimular a produção de óvulos, que mais tarde foram aspirados para a colocação dos espermatozóides, comprados em um banco de sêmen em São Paulo. O doador tem características da jornalista para que a criança nascesse parecida com as duas mães. Outros quatro embriões produzidos na fertilização foram congelados para, em três anos, Maira engravidar também.

Juntas há quatro anos, as duas seguem uma tendência crescente entre os casais homoafetivos: a busca pela concepção do filho biológico.

Related posts