Livro de Cameron Diaz reacende polêmica sobre pelos pubianos

Um livro recém-lançado pela atriz americana Cameron Diaz vem gerando debates acalorados ao defender que as mulheres mantenham seus pelos pubianos.

O manifesto da estrela de Hollywood, conhecida por filmes como O Máscara e As Panteras, aparece em apenas uma página, dentro de um capítulo da obra chamado “Praise of Pubes” (“Louvor aos pelos pubianos”, em tradução livre), mas foi suficiente para causar polêmica, sobretudo nas redes sociais.

Nele, Diaz, de 41 anos, divaga sobre os benefícios dos pelos pubianos e critica procedimentos estéticos que os eliminam em caráter definitivo.
“Os pelos púbicos servem como uma linda cortina àquele que talvez esteja cortejando a sua sexualidade. Eles mantêm os seus tesouros privados, o que pode atiçar um amante a dar uma olhada no que você tem para oferecer”, diz a atriz.

“Ouvi falar um dia desses que há uma moda entre as mulheres mais jovens de depilar totalmente suas partes íntimas com laser (…) Pessoalmente, eu acho que esse procedimento permanente soa como uma ideia maluca”, completa, já que o procedimento seria irreversível.

Lançado no fim do ano passado, o livro de autoajuda de Diaz, intitulado The Body Book: Feed, Move, Understand And Love Your Amazing Body (editora Harper Collins, 263 páginas) (“O Livro do Corpo, Alimente, Movimente, Entenda e Ame o seu Corpo Perfeito”, em tradução livre), traz dicas da atriz sobre nutrição, exercícios físicos e saúde mental.

Ocasionalmente o assunto reaparece no noticiário, polarizando opiniões de conservadores e feministas.

Na edição desta segunda-feira do jornal liberal britânico The Guardian, a escritora Emer O’Toole fez uma defesa apaixonada do tema, creditando a eliminação dos pelos à sede por lucro da indústria de beleza.

“O ímpeto capitalista de nos convencer que o pelo no corpo feminino é antinatural e anti-higiênico vem sendo alarmantemente bem-sucedido. A indústria de depilação movimenta milhões, e um sem número de mulheres se sentem envergonhadas e aflitas com o seu pelo pós-puberdade. Mas a indústria é gananciosa. Ela tem de convencer o mundo que o pelo púbico feminino também é sujo. Agora, tenta convencer as pessoas de que o pelo no corpo do homem também é igualmente inaceitável.”

122815-xx-580x0-2

Nos Estados Unidos, a loja de roupas American Apparel também aderiu à polêmica, ao expor manequins femininos com pelos pubianos à mostra.

Fonte: DCM

+ sobre o tema

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Inscrições para o Enem 2024 terminam nesta sexta-feira (7)

Termina nesta sexta-feira (7) o prazo para realização das...

para lembrar

Não toquem em Machado de Assis

Chego tarde à discussão sobre a legitimidade de adaptações...

Conheça Esther: prodígio da Matemática de 10 anos de idade, que acaba de se matricular na faculdade

Esther Okade, é uma criança britânica-nigeriana de 10 anos...

Enem 2013 exigiu mais conteúdo e aumentou grau de dificuldade das questões

Apesar do pré-teste, uma questão passou sem resposta, afirmam...

Conheça cinco formas de combater o racismo na infância

A Fundação Cultural Palmares divulgou em sua página na...
spot_imgspot_img

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes e Design; Negócios e Gestão; Ciência da Computação; Ciência de Dados; Ciência e Engenharia; Ciências Sociais; Desenvolvimento Educacional e Organizacional; Humanidades; Matemática e...

UnB abre vagas na especialização gratuita em Políticas Públicas e Tecnologias Educacionais

A Universidade de Brasília (UnB) abriu 26 vagas na especialização gratuita em Políticas Públicas e Tecnologias Educacionais, que serão divididas da seguinte maneira: 15 vagas...

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram prorrogadas até o dia 14 de junho, anunciou o ministro da Educação, Camilo Santana,...
-+=