Livro infantil sobre a criação do mundo a partir da jornada do orixás entra em pré-venda

Enviado por / FonteEnviado ao Portal Geledés

Publicação adota linguagem lúdica para refletir sobre a preservação da cultura ancestral e a proteção da natureza, atendendo ao currículo da educação básica sobre o ensino da cultura negra

O livro infan6l “Òrun Àiyé: A Criação do Mundo”, da cineasta baiana estreante na literatura Jamile Coelho, entra em pré-venda na plataforma Catarse (/orunaiyelivro). Distribuído pela editora Emôrio, a obra incorpora narrativa lúdica da mitologia iorubá sobre as origens humanas, a par6r da jornada dos Orixás. A narrativa transita pela preservação da cultura afro-brasileira e o respeito aos mais velhos e a natureza, atendendo à proposta curricular da educação básica sobre o ensino da cultura negra (Lei 10.639/03).

A sinopse tem início no Òrun, plano espiritual onde vive Olorum, o senhor de todas as coisas. Ele confere ao filho Obatalá a missão de criar o mundo, o Àiyé. Mas é Odùdùa que espalha a magia do saco, criando a terra, diante da desobediência do irmão. A história é contada a partir da interação dos irmãos Antônio e Beth com o Vovó Jaime, enaltecendo a tradição africanista do saber transmi6do entre gerações pela oralidade. O livro de 40 páginas tem ilustrações do artista visual Marcone Silva e contracapa do antropólogo baiano Vilson Caetano.

Na cultura africana, as pessoas mais velhas são elevadas a bibliotecas do pensamento ancestral. Quando um griô, o contador de histórias, parte para o mundo espiritual, essa memória é perdida. Mas quando homenageada, essa herança, que já virou anciã, vem à tona. Por isso, a publicação reverencia a importância de Jaime Sodré, professor e historiador baiano falecido em 2020, referência na preservação e na divulgação dos estudos africanos na Bahia.

Vovó Jaime, Beth e Antônio (Foto: Divulgação)

O ebook, disponível em agosto, custa R$ 20 e o exemplar físico, com entrega em setembro, é R$ 49. Há outros valores disponíveis, com opções de brindes. O livro é inspirado em animação homônima (teaser), codirigida por Jamile Coelho e Cinca Maria, pela Estandarte Produções. O filme é narrado e tem trilha sonora do músico Carlinhos Brown, ganhou mais de 25 prêmios e rodou mais de 100 festivais em 25 países e 22 estados brasileiros.

O livro “Òrun Àiyé: A Criação do Mundo” tem apoio financeiro do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (FPC). Foi contemplado no Programa Aldir Blanc Bahia, via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, do Governo Federal.

Obatalá e Exu (Crédito – Marcone Silva)

FICHA TÉCNICA:

Título: Òrun Àiyé
Subtitulo: A Criação do Mundo
Autora: Jamile Coelho
Editora: Emônio
ISBN: 978-65-995422-1-3 (livro psico) e 978-65-995422-0-6 (ebook)
Tamanho: 23 x 19cm
Páginas: 40
Preço sugerido: R$ 20 (ebook) e R$ 49 (livro físico)
Compra: catarse.me/orunaiyelivro
Classificação indicativa: 6 anos

SOBRE A AUTORA

Jamile Coelho é cineasta, diretora de arte e produtora executiva especializada em animação stop motion, realidade aumentada (AR) e realidade virtual (VR). Produz atualmente os longas-metragens “Cores da Diáspora”, rodado em Angola, e “Encruzilhadas da Liberdade”, baseado no livro “Corujebó: Candomblé e Polícia de Costumes” do professor doutor Vilson Caetano. Sua filmografia também inclui os curtas “Corações Encouraçados” (2021), sobre a es6agem no sertão, e “A Menina e o Rio”, sobre socialização infan6l. É CEO do Núcleo Baiano de Animação em Stop Motion (NUBAS), que promove o ensino sobre animação em universidades, comunidades quilombolas e terreiros de candomblé em Salvador. As produções da Jamile Coelho já foram exibidas nos Estados Unidos, México, França, Espanha, Portugal, Suíça e Colômbia, além de mencionadas em teses de mestrado e doutorado em instituições como Universidade Sorbonne (França) e Universidade de Brasília.

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

+ sobre o tema

O gosto amargo da intolerância

Billie Holiday e o racismo nos Estados Unidos Se...

SEPPIR e embaixada dos EUA discutem reformulação do Japer

Plano deverá ser reformulado para incluir novas linhas de...

Os Negros, a Cidadania, a Economia e a Escravidão. Para não esquecer

por Davis Sena Filho Tem um pensamento que eu gosto...

para lembrar

Jesús Chucho García: La Parranda de los muertos pa´Guillermina

Una vez mas, los muchachos de la parranda Todos...

Paula Brito

por: Mauro Rosso Francisco de Paula Brito, "o primeiro editor...

Michelle Obama é gente como a gente. Confira o vídeo!

Enquanto estourava a bomba sobre a acusação de plágio de...

FEIRA PRETA

Encontro de cultura, cidadania, educação e economia solidária, a...
spot_imgspot_img

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...

Álbum de Lauryn Hill é considerado melhor da história em lista da Apple Music; veja ranking

Uma lista publicada pela Apple Music elegeu os 100 melhores álbuns de todos os tempos. Em primeiro lugar, a escolha foi para 'The Miseducation...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...
-+=