Luciana Gimenez: “Está rolando uma bagunça aqui na senzala, é?” todos riem…

A apresentadora divulgou um vídeo no qual chamava sua cozinha de “senzala”, em tom de piada

no Metropoles

A apresentadora de TV Luciana Gimenez foi acusada de racismo após fazer uma postagem em uma rede social na qual diz que seus empregados estão na “senzala”. Em vídeo, ela mostrou o momento em que funcionários de sua casa conversavam na cozinha. Ela pergunta a eles: “Está rolando uma bagunça aqui na senzala, é?”. Logo após, todos riem.

O vídeo foi compartilhado pelo Coletivo Sistema Negro, que questionou o tratamento dado aos funcionários, em sua maioria, negros. “Vemos pessoas públicas usando irresponsavelmente termos que remetem a um período desumano e violento para nós, negros e negras”, diz a publicação.

“Senzala não é brincadeira. Senzala é violência, é dor,  é o território específico da desumanização que por quatro séculos nós negros sofremos nesse país. Senzala é o lugar do abandono, da invisibilidade. Senzala é lugar do estupro das mulheres negras, da bestialização dos homens negros, do desmanche da família negra e da perpetuação do racismo nas instâncias mais subjetivas que ainda atingem o povo negro, como em sua afetividade”, afirma o coletivo.

Luciana Gimenez ainda não se manifestou sobre o caso.

Leia também:

18 expressões racistas que você usa sem saber

Ser branco é uma fonte inesgotável de privilégios sociais

+ sobre o tema

Juventude negra, ciência e educação

Mesmo com os avanços já promovidos pela lei 12.711/2012, que nacionalizou...

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

para lembrar

Funcionária de escola nos EUA é demitida ao chamar Michelle Obama de “gorila”

Uma funcionária do distrito escolar do condado de Forsyth,...

SPFW: Grifes silenciam sobre negros

Fonte: Zero Hora Foto: Daniel Teixeira/Estadão O Termo de Ajustamento de...

Timão e Racismo

fonte:Blog do Helena Para encarar a Libertadores nas regras das...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=