Mãe e filha acusam mercado Compre Bem de discriminação racial

Por: Artur Rodrigues

 

Mãe e filha acusam mercado de racismo

Duas bacharéis em direito afirmam ter sofrido discriminação racial por parte de um segurança de um mercado da rede CompreBem, em Itaquera (zona leste de SP), na tarde de anteontem. Elas relatam que o vigia as abordou dizendo que alguém as havia visto furtando e que elas eram suspeitas por serem negras. Abalada, uma das mulheres foi parar no hospital com uma crise nervosa.

Edvanda de Carvalho Rodrigues, 52 anos, e a filha Aline Carvalho Murça, 27 anos, contam que compraram carne e verduras no mercado e saíram do local sem problemas. “Só percebi o segurança olhando para nós. Depois ele passou a nos perseguir”, diz Edvanda.

As mulheres afirmam que, a cerca de 300 metros do mercado, o tal vigia, o guarda-civil Vicente Donizete da Silva, 52 anos, as abordou. Segundo elas, o homem se apresentou como policial e segurança do mercado. “Ele disse: ‘Alguém viu vocês pegando uma coisa no mercado e vocês, sendo negras, são suspeitas’. Então eu comecei a passar mal”, diz Edvanda. Ela conta que o homem, que também é negro, só mudou de postura e pediu desculpas depois que ambas se identificaram como formadas em direito.

 

Fonte: Lista Racial

+ sobre o tema

Homofobia em preto e branco

Por Glauco Faria e Thalita Pires Episódios de violência...

Obstáculos ao trabalho decente no Brasil

O trabalho decente é conceituado pela Organização Internacional do...

para lembrar

Mamadou Ba: O racismo tem de ser punível por lei

A propósito do Dia Mundial da Tolerância, esta quinta-feira,...

Will Smith se recusa a gravar filme na Geórgia em protesto contra nova lei eleitoral

O drama sobre escravidão "Emancipation", com Will Smith, não...

Valmir Assunção: Adoção de cotas não provocou apocalipse

Para os que desmerecem a importante política afirmativa...
spot_imgspot_img

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...

Mobilizações apontam caminho para enfrentar extremismo

As grandes mobilizações que tomaram as ruas das principais capitais do país e obrigaram ao recuo dos parlamentares que pretendiam permitir a condenação de...
-+=