Maguila: ‘Campeão é campeão. Não paro de lutar e quero viver muito

Após nove meses recluso em tratamento, pugilista mais popular do Brasil que está com Mal de Alzheimer e dificuldade de fala e memória,concede entrevista, à TV Record, e, ao lado da mulher, fala sobre a doença e critica MMA

no LanceNet

O ex-pugilista Maguila, pela primeira vez em nove meses, fez uma aparição pública, ao conceder uma entrevista, ao lado da mulher, Irani, para a TV Record. O sergipano José Adilson Rodrigues dos Santos, que ficou famoso pelas conquistas nos ringues, está com Mal de Alzheimer, e internado na Santa Casa de São Paulo desde maio de 2014. Apesar da dificuldade na fala e na memória, o ex-boxeador relembrou momentos de sua vida. Contou que aos 12 anos quis ser boxeador e recebeu apoio do pai.

Maguila, que era um lutador forte, musculoso, hoje está debilitado pela doença. Mas demonstra coragem em enfrentar o que ele chama de “mal de azar”.

– A luta só para quando a gente morre. Quero viver muito. No céu Deus tá vendo. Eu não paro de lutar não. Campeão é campeão e não para de lutar. Não teve nenhuma luta que fiquei com medo. Sempre lutei com coragem.

Maguila reafirmou sua opinião sobre outras modalidades de luta, como vale-tudo e MMA.

– Para mim aquilo é briga de rua. Chute, agarra-agarra e cotovelada, não tem regra é uma briga de rua. Agora o boxe não. Tem regra, é esporte olímpico.

A entrevista tornou-se o assunto mais comentado do Twitter: #SomosTodosMaguila. Nas redes sociais, fãs parabenizaram Irani pelo companheirismo, já que é necessária muita dedicação para cuidar de um paciente com Alzheimer. Há 30 anos com a mulher, Maguila lembrou da época em que a conheceu,

– A moça mais bonita do bairro. Tinha uma amiga dela, a Marlene. Ela levava uns bilhetinhos que eu mandava. Aí devagarinho eu conquistei. Sempre fui calmo, tranquilo. Ela é brava. Brava pra caramba.

+ sobre o tema

Hillary defende melhor integração da população negra no Brasil

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, defendeu uma...

20 de novembro: Dia da consciência negra – Lays Regina

"Enquanto a cor da pele for mais importante que...

Angola estudará origem africana de uma parte dos estadunidenses

Luanda, 10 jul (Prensa Latina) Angola pretende se somar...

para lembrar

Depois de massacre, empresa ameaça mineiros sul-africanos com demissões

A empresa mineradora Lonmim pressionou neste domingo os...

Beyoncé canta Tina Turner em espetáculo futurista da nova turnê ‘Renaissance’

Numa performance brilhante, Beyoncé fez o primeiro de seus cinco shows...

Erykah Badu canta um repertório sofisticado em apresentação em SP

Mais de uma década após sua primeira visita ao...

“Cidade Correria – Um Bando de Artistas” estreia no Circuito Spcine nesta quinta-feira (22)

Escrito e dirigido pela cineasta Juliana Vicente, idealizadora da...
spot_imgspot_img

‘Bad Boys 5’ já está sendo discutido, afirma produtor

‘Bad Boys: Até o Fim‘ estreou há apenas uma semana, mas um 5ª filme para a franquia estrelada por Will Smith e Martin Lawrence já está sendo discutido. A...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...
-+=