Mais de 100 ocorrências de violência contra mulher são registradas por mês em Cachoeiro, ES

Crime mais cometido é o de lesão corporal, sendo que em 2017, já foram registradas 314 ocorrências, ou seja, praticamente uma mulher é agredida todos os dias na cidade.

Do G1

Mais de 100 boletins de ocorrência de violência contra a mulher são registrados, por mês, na Delegacia da Mulher, em Cachoeiro de Itapemirim, Sul do Espírito Santo.

O crime mais cometido é o de lesão corporal, sendo que somente em 2017, já foram registradas 314 ocorrências, ou seja, praticamente uma mulher é agredida todos os dias na cidade.

Números oficiais também apontam que foram registrados 473 casos de ameaça e 112 de estupro de mulheres e meninas menores de idade.

Desde 1989, existe, em Cachoeiro, a União Cachoeirense de Mulheres, que é um grupo para ajudar mulheres que já sofreram algum tipo de agressão. “A gente está resgatando a UCM, conclamando que as mulheres se juntem, porque unidas seremos mais fortes”, falou a presidente do grupo Marlene de Souza.

Para ela, é preciso que programas mais eficientes de defesa da mulher sejam colocados em prática. “Precisamos de delegacia, de gente especializada. Nós já fizemos de tudo, fizemos um congresso, fizemos um pedido ao governador que ele trouxesse um botão do pânico para Cachoeiro e, até hoje, nada”, afirmou.

O governo estadual foi procurado pela reportagem, mas não respondeu sobre o botão do pãnico.

+ sobre o tema

Reino Unido: Polícia vai tratar denúncia de estupro com mesma severidade de ameaça terrorista

Manifestantes levantam faixa: 'estupro:um problema global' Segundo relatório, 80% das...

Assédio não é elogio à beleza feminina

Não é raro me deparar com meninas que, para...

“Violência contra as mulheres é uma das grandes vergonhas da Austrália”

Governo australiano anuncia 70 milhões de dólares para combater...

para lembrar

Travesti foi assassinada por incentivar mulher a denunciar o marido

A Polícia Civil já identificou o homem que matou...

Feminismos e masculinidades

Novos caminhos para enfrentar a violência contra a mulher Blay,...

“Impunidade cultiva tolerância social para a violência”

Para relatora da OEA, falta de punição aos agressores...
spot_imgspot_img

‘Não’ é ‘Não’, inclusive na igreja

No dia 29 de dezembro, o presidente Lula sancionou a lei do protocolo "Não é Não" (lei 14.786/2023), que combate violência e assédio sexual contra mulheres...

Lula sanciona lei que protege mulheres de violência em bares e shows

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei que cria o protocolo Não é Não, mecanismo de combate ao constrangimento e à...

Menina de 15 anos é vítima de estupro coletivo na noite de Natal; amigos são suspeitos, diz polícia

Uma adolescente, de 15 anos, foi estuprada na madrugada de Natal, 25 de dezembro, em Campo Grande (MS). De acordo com a polícia, os suspeitos...
-+=