Mais Médicos: menor índice de abandono é cubano; brasileiros são os que mais desistem

HAVANA, 23 Ago 2014 (AFP) – Dos médicos estrangeiros e brasileiros que trabalham no Programa federal Mais Médicos, os cubanos foram os que menos abandonaram a missão até agora, com 0,2% de desistências – informou a chefe da Brigada Médica Cubana no Brasil, Cristina Luna, em entrevista à televisão cubana, neste sábado.

O número de médicos cubanos que abandonaram o programa um ano depois de sua implantação “não é significativo, é de 0,2%”, disse Cristina Luna.

Segundo ela, o índice de abandono de médicos de outras nacionalidades é de 0,8%. Em relação aos médicos brasileiros que participam do programa, “o número é significativo”, completou, acrescentando que chega a 8,4%.

“Hoje, a composição principal do Mais Médicos é de médicos cubanos”, afirmou.

Os primeiros médicos cubanos chegaram ao Brasil em 24 de agosto de 2013, cumprindo um contrato entre os governos brasileiro e cubano, por intermédio da Organização Mundial de Saúde.

Atualmente, 11.456 médicos cubanos trabalham nos 26 estados do país, mais o Distrito Federal, disse Cristina.

Ela informou ainda que os profissionais cubanos têm tratado, basicamente, casos de hipertensão, diabetes, cardiopatias isquêmicas, dengue e lepra.

O Brasil é o segundo país com a maior quantidade de médicos cubanos atuando, depois da Venezuela.

 

 

 

Fonte: UOL

+ sobre o tema

NOTA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SOBRE O ASSASSINATO DO MENINO JUAN MORAES

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS NOTA PÚBLICA...

Jean Wyllys: Debate sobre direitos humanos realizado na PUC/RJ

Participação de Jean Wyllys no debate sobre direitos humanos...

Índios poderão ter direito a nome de sua etnia em documentos

A população indígena do Brasil poderá conquistar o direito...

Fundação criada por Rihanna doa R$ 25 milhões para combater coronavírus

O valor é destinado para a OMS e grupos...

para lembrar

Segundo o ‘pai da internet’, é melhor você começar a imprimir suas fotos favoritas

De acordo com Vint Cerf, vice-presidente do Google e...

Por que autoexame das mamas ainda é tabu entre mulheres?

Segundo profissionais, a erotização dos seios faz com que...

Programa já assegura 1.753 novos médicos para 626 municípios

  A maioria dessas cidades está em áreas...

Resistência e Construção da Cidadania é tema de palestra em museu de Salvador

A programação do 2º Seminário Painel Memória do...
spot_imgspot_img

Evento do G20 debate intolerância às religiões de matriz africana

Apesar de o livre exercício de cultos religiosos e a liberdade de crença estarem garantidos pela Constituição brasileira, há um aumento relevante de ameaças...

Raça e gênero são abordados em documentos da Conferência de Bonn

A participação de Geledés - Instituto da Mulher Negra na Conferência de Bonn de 2024 (SB 60), que se encerrou na última quinta-feira 13,...

NOTA PÚBLICA | Em repúdio ao PL 1904/24, ao equiparar aborto a homicídio

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público manifestar a sua profunda indignação com a...
-+=