Marina Silva defende veto à reforma do Código Florestal

A presidenciável do PV, senadora Marina Silva, voltou a criticar nesta quarta-feira a aprovação da mudança do Código Florestal na comissão especial da Câmara na véspera. A candidata disse que caso fosse presidente, vetaria o texto.

– Vetaria porque é um desserviço ao setor agrícola – disse Marina, ao visitar a Feira Internacional de Modas em Calçados (Francal), em São Paulo.

A candidata do PV afirmou ainda que a sociedade brasileira deve se preparar para “o segundo momento dessa disputa, que é no Senado”. Ela defendeu uma mobilização da população semelhante à que foi vista na aprovação da Lei da Ficha Limpa.

Marina criticou ainda o relator do projeto, o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP):

– Que a gente não continue sujando a ficha das nossas florestas com esse retrocesso. E que a gente possa dar uma resposta para tentativa do deputado Aldo Rebelo de abrir mão das conquistas da Constituição de 88. Quando revogou o artigo primeiro do Código Florestal, (ele) disse que nós os brasileiros não somos os donos das florestas.

Fonte: O Globo

+ sobre o tema

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira...

para lembrar

Governo condena tentativa de censurar livro O Avesso da Pele

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da...

Contra a servidão do espírito: sobre política, ética e educação, por Nadja Hermann

É preciso romper com nossa histórica incapacidade em perceber...

Onde andam os indignados de junho de 2013?

Há três anos, de repente, não mais que de...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de Lei que ameaça condenar por homicídio meninas, jovens e mulheres que interromperem gestações, ainda que...

Geledés repudia decisão da Câmara sobre aborto

Geledés – Instituto da Mulher Negra vem a público manifestar sua indignação e repúdio à decisão da Câmara dos Deputados, aprovada nesta terça-feira, 12,...

Mulheres vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio; confira locais dos atos

Mulheres vão às ruas de diversas partes do país em protesto contra o avanço, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que equipara...
-+=