Mello denuncia a farsa do impeachment

“A maioria trabalhadora, honesta, que conta os trocados para sustentar a família, não tem nenhum tipo de conivência com roubalheiras”, diz o jornalista Ricardo Melo. “Mas, da mesma forma, não imagina gente como Aécio Neves, José Serra (que declarou em alto e bom som considerar cartel uma coisa normal) ou Fernando Henrique (que conquistou a reeleição na base do dinheiro vivo) no papel de guardiões da honestidade”, completa

Fonte: Brasil247

O jornalista Ricardo Mello, colunista da Folha de S. Paulo, denuncia as manobras para contestar o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, no artigo A farsa do impeachment.

Segundo ele, os esquemas das empreiteiras vêm de muito mais tempo. “O que está exposto à execração pública não é a ação de uma camarilha isolada. É o envolvimento do “crème de la crème” do empresariado local – e internacional – com práticas de achaque ao Estado”, diz ele. “Nem o tucano mais inflamado, no íntimo, acredita que o esquema começou com administrações petistas. O inquérito sobre a bandalheira no sistema de transporte de São Paulo fala por si só. A operação Castelo de Areia, interrompida por chicanas jurídicas, também ilustra a promiscuidade entre os senhores do dinheiro e os negócios de Estado – seja quem for o gerente de plantão.”

Ele também nega que o brasileiro esteja tolerante com a corrupção, mas afirma que os brasileiros não aceitam mais hipocrisia. “Alguém poderia achar que o resultado indica que o brasileiro se acostumou com o “rouba mas faz”. Nada disso. A maioria trabalhadora, honesta, que conta os trocados para sustentar a família, não tem nenhum tipo de conivência com roubalheiras”, afirma Mello. “Mas, da mesma forma, não imagina gente como Aécio Neves, José Serra (que declarou em alto e bom som considerar cartel uma coisa normal) ou Fernando Henrique (que conquistou a reeleição na base do dinheiro vivo) no papel de guardiões da honestidade.”

+ sobre o tema

O silêncio da mídia diante da denúncia de golpe do fotógrafo brasileiro ganhador do Pulitzer

Dez dias atrás, o fotógrafo Mauricio Lima foi festejado pelos grandes meios...

Lula sanciona lei que cria política de trabalho digno para população de rua

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Sila,...

Alckmin amplia vantagem em SP e, com 54% das intenções, seria eleito no 1º turno

O ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) aumentou sua...

para lembrar

Impeachment: o que pensa a juventude negra?

Entre as contradições de 13 anos de governo petista,...

Juristas classificam discurso de Dilma como “histórico”

Pelas redes sociais, juristas de diversas áreas comentaram o...

Fábio Konder Comparato: “Impeachment hoje é absolutamente ilegítimo”

Constitucionalista não vê respaldo jurídico no processo em curso Do Jornal...

Golpe ou Impeachment, como explicar este novo tipo de golpe feito através de impeachment?

Essa é pros meus amigos amantes do impeachment e...

Nota da Coalizão Negra Por Direitos sobre os atos do dia 12 de setembro

A Coalizão Negra Por Direitos, em reunião na manhã desta sexta-feira, dia 10 de setembro, definiu que não participa dos atos do dia 12...

Políticos de direita e esquerda deixam diferenças de lado em reunião histórica pelo impeachment de Bolsonaro

Políticos de diferentes partidos, associações, movimentos sociais, estudantes, juristas e lideranças religiosas se reúnem, na tarde desta sexta-feira (23), em um encontro que já...

Barroso, do STF, manda Senado instalar CPI da Covid, em revés para Bolsonaro

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), mandou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), instalar uma CPI da pandemia da Covid-19. Em sua...
-+=