Menos Ódio: Silas Malafaia convoca tuitaço contra a causa gay e tem repudio de internautas

 

Líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia convocou os seus seguidores no Twitter nesta sexta-feira (12), ao meio dia, para “tocar o terror” contra a atual presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff.

Entre as postagens, o pastor faz referência ao apoio de Dilma à criminalização da homofobia. “O ativismo gay quer acabar com a comemoração do dia dos pais e das mães nas escolas. O maior financiador deles é o governo Dilma. Uma vergonha”, escreveu no microblog Twitter. E completou: “O que acabo de postar já está acontecendo em várias escolas. A minha questão com eles é ideológica, querem desconstruir a heteronormatividade”.

Internautas rebateram as críticas de Malafaia e colocaram a hashtag #MenosODIOmalafaia em primeiro lugar nos trending topics [assuntos mais comentados] do Twitter no Brasil e no mundo.

Eleições 2014

Silas Malafaia ganhou reconhecimento no Brasil por tentar, com frequência, misturar religião e política. O pastor exerce forte influência sobre a bancada evangélica no Congresso Nacional, além de ajudar a eleger vereadores, prefeitos e deputados estaduais em todo o Brasil.

Nas eleições presidenciais de 2014 virou manchete após criticar duramente o capítulo do programa de governo de Marina Silva que tratava da questão LGBT. Após a ofensiva do pastor, Marina voltou atrás e fez diversas alterações no texto – frustrando ativistas dos direitos humanos e homossexuais.

 

Fonte: Pragmatismo Político

+ sobre o tema

Leonardo Boff: Dez lições da crise brasileira

Toda crise acrisola, purifica e faz madurar. Que lições...

Degola, linchamento e cassação: gente negra pode mesmo eleger e ser eleita?

Imagina se uma vereadora negra de Catanduva (SP) e...

A “selfie” de Obama e o jornalismo apressado

O presidente dos EUA não foi insensível e sua...

Abolicionismo do século 21

Por: Edson França Completamos no dia 13 de...

para lembrar

Pelo fim do Sexismo, da homofobia e intolerância religiosa nas Escolas brasileiras

O Plano Nacional de Educação (PNE) acaba de ser...

“Você quer ser mulher? Então vai apanhar como mulher”, dizem agressores a Gabe

Depois do segundo ataque que sofre este ano, o...

Cláudio Nascimento atribui assassinato de Guinha à homofobia de traficantes

Militante LGBT, ativista era ex-travesti e organizava a Parada...

Homofobia em padaria: Polícia investiga preconceito ocorrido no centro de São Paulo

Nas redes sociais, viralizou um vídeo que registra uma confusão em uma padaria, no centro de São Paulo. Uma mulher grita ofensas homofóbicas e...

ONG contabiliza 257 mortes violentas de LGBTQIA+ em 2023

Em todo o ano passado, 257 pessoas LGBTQIA+ tiveram morte violenta no Brasil. Isso significa que, a cada 34 horas, uma pessoa LGBTQIA+ perdeu...

Justiça manda Governo do RJ pagar R$ 80 mil a Cacau Protásio por ataques em gravação em quartel dos bombeiros

A Justiça do Rio de Janeiro determinou, em segunda instância, que a atriz Cacau Protásio seja indenizada em R$ 80 mil por ataques e...
-+=