Militares avisam radicais: “O Brasil é uma Democracia”

Os três chefes das Forças Armadas, o almirante Julio Soares de Moura Neto, o general Enzo Peri e o brigadeiro Juniti Saito, falaram à jornalista Monica Bergamo sobre as manifestações radicais que pediram a volta da ditadura e conseguiram atrair até um ex-guerrilheiro que combateu o regime militar como o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP); Moura Neto falou em militares “inseridos na democracia”; Saito criticou “extremistas”; Peri afirmou que o Brasil vive ambiente de “absoluta normalidade”

no Brasil 24/7

Depois das manifestações de grupos radicais no último dia 15, que chegaram a pedir a volta da intervenção militar no Brasil, em protestos que atraíram até ex-guerrilheiros, como o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), a jornalista Monica Bergamo decidiu ouvir os chefes das Forças Armadas. Os três, o general Enzo Peri, o brigadeiro Juniti Saito e o almirante Julio Soares de Moura Neto, falaram num ambiente de absoluta normalidade institucional.

“Os militares estão totalmente inseridos na democracia e não vão voltar. Isso eu garanto”, disse o almirante Julio Soares de Moura Neto, comandante da Marinha. “Os militares só voltam em seu papel institucional, que é o que têm hoje”, afirmou.

Saito, por sua vez, criticou os radicais. “São opiniões de extremistas”, afirma, antes de sentenciar. “É algo impossível de acontecer. Só quem poderia tentar fazer isso é o pessoal da ativa. E, como nós não queremos nada nesse sentido, não há a menor chance de essas ideias evoluírem.”

Peri também rechaça a pregação golpista. “Nós vivemos há muitos anos em um ambiente de absoluta normalidade.”

Na última manifestação, até mesmo alguns de seus “líderes”, como o cantor Lobão, desistiram de participar, quando se deram conta de que um dos objetivos era a volta de uma ditadura no País.

+ sobre o tema

Coragem! Uma lição de D. Paulo Evaristo Arns

Falar de D. Paulo Evaristo Arns não é fácil....

Dilma: Um país da grandeza do Brasil não pode aceitar pessoas passando fome

  A presidente Dilma Rousseff reafirmou nesta quarta-feira (2/2) o...

Nosferatu: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por Leno F. Silva   Noventa anos depois...

Operação contra Lula é confissão de medo da elite brasileira, diz Bandeira de Mello

Para um dos juristas mais respeitáveis do país, operação...

para lembrar

Jesus ou Barrabás

essa semana, santa, comemoramos o martírio de um líder...

meu país é meu deus, minha família, meus amigos e meu curral eleitoral

O domingo em que o sim virou um amém...

Cai o terceiro ministro de Temer: Osório, da AGU

Demissão de Fábio Medina Osório, nomeado para a Advocacia-Geral...

Culpas ultrassecretas

O livro Lugar Nenhuma de Lucas Figueiredo relata o...

Militares no alvo

Nada na operação da Polícia Federal ontem chamou mais a atenção que o envolvimento da alta cúpula militar do governo Jair Bolsonaro na trama golpista. As...

Entidades terão encontro com parlamentares dos EUA para tratar de risco de golpe no Brasil

Uma comitiva de representantes de entidades civis do Brasil viajará a Washington na semana que vem e terá encontros com autoridades dos Estados Unidos...

O golpe de 2022 será com armas

Com ironia, aqui vai um alerta de gatilho (literalmente): todos os fatos futuros narrados aqui jamais ocorrerão e as instituições estão funcionando perfeitamente. Todos...
-+=