Moradores de rua em São Paulo são acordados com jatos de água fria

Após o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) ter registrado nesta terça (18) a tarde mais fria do ano – que teria causado a morte de um homem de 46 anos – moradores de rua em São Paulo são acordados com jatos de água fria. As informações são da Rádio CBN.

DO Jornal do Brasil

Às 7h da manhã desta quarta-feira (19), agentes de uma empresa terceirizada a serviço da prefeitura, responsável pela limpeza de praças públicas, passava jatos d’água fria na Praça da Sé, Centro de São Paulo. A água atingiu os cobertores de pessoas que dormiam no local, que não foram avisadas da limpeza.

Moradores de rua na Praça da Sé: jatos d’água foram lançados contra eles na manhã após o dia com a tarde mais fria do ano

Segundo os moradores de rua entrevistados pela rádio, esta é uma atividade frequente. “Quem estiver dormindo na calçada não tem nem tempo de levantar. Os caras já chegam e jogam os jatos. Tem muitas cobertas molhadas. Perde tudo”. Outro morador também afirmou que o trabalho de limpeza também ocorre de madrugada, por volta das 4h30.

Nesta terça-feira (18) foi registrada a segunda temperatura mais baixa para o período dos últimos 13 anos, indicando às 15h a marca de 10,2°C. Foi o mesmo nível de 2004 e há quatro anos não fazia tanto frio assim no horário. Em 24 de julho de 2013, fez 8,6°C. O recorde da série iniciada em 1961 ocorreu em 12 de julho de 1988 (7,3°C). Neste ano, a menor temperatura nesse horário foi no dia 2 de julho (15,3°C)

+ sobre o tema

‘Reservas são confinamentos de índios’, acusa ex-padre fundador do Cimi

"Na área de Dourados, existe em torno de 15...

Trabalhadores autônomos somam 24 milhões no país, diz IBGE

Os trabalhadores por conta própria no país chegaram a...

Inspirado em Mandela, começa Fórum Mundial de Direitos Humanos

Na abertura, ministra Maria do Rosário lembrou que "legados...

Adeus, capitão Krohokrenhum

Morto aos 90 anos, Krohokrenhum, líder do povo gavião...

para lembrar

AFRO DENGOS – Na masculinidade

“Nos ensinaram que o amor e o cuidado não...

Nos hospitais privados brasileiros, 88% dos partos são cirúrgicos, diz estudo

Porcentagem na rede privada é superior à taxa nacional,...

A luta das indígenas pelo direito de existir com sua cultura

“Eles falavam que índio morava no mato”. Cláudia Baré...

Estudo liga câncer de próstata ao tamanho da cintura

Homens de cintura larga têm maior risco de desenvolver...
spot_imgspot_img

Desenrola para MEI e micro e pequenas empresas começa nesta segunda

Os bancos começam a oferecer, a partir desta segunda-feira (13), uma alternativa para renegociação de dívidas bancárias de Microempreendedores Individuais (MEI) e micro e...

“Geledés é uma entidade comprometida com a transformação social”, diz embaixador do Brasil no Quênia

Em parceria com a Embaixada do Brasil no Quênia, Geledés - Instituto da Mulher Negra promoveu nesta sexta-feira 10, o evento “Emancipação Econômica da...

Caso Sônia é desastroso para combater trabalho escravo, alerta auditor

A história de Sônia Maria de Jesus, de 50 anos – que foi resgatada em uma operação contra o trabalho análogo à escravidão da...
-+=