Motoristas de ônibus paralisam atividades na zona leste de São Paulo

Eles alegam problemas trabalhistas com a diretoria da viação Himalaia

 

 Motoristas e cobradores da viação Himalaia, na zona leste de São Paulo, fizeram uma paralisação por tempo indeterminado. Eles alegam problemas trabalhistas com a direção da empresa.

Cerca de 200 ônibus estão parados na garagem 2 da empresa, no bairro de Sapopemba. No início da manhã desta terça-feira (1º), os motoristas estavam reunidos em frente à porta da viação, de braços cruzados.

A SPTrans iniciou a operação Paese (Plano de Apoio entre as Empresas em Situação de Emergência) para tentar cobrir as oito principais linhas da região. A companhia cobre cerca de 30 linhas, ligando os bairros de São Mateus e Cidade Tiradentes ao Parque Dom Pedro e às principais estações do metrô da capital paulista.

Às 6h, os pontos de ônibus da região começavam a ficar cheios de passageiros que não conseguiam condução.

Caso não tenham suas reivindicações atendidas, os motoristas ameaçam parar mais duas garagens da viação, que atendem a região central da capital paulista.

Indenização

Por telefone, Valdemir dos Santos Soares – um dos diretores do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo – disse que representantes dos trabalhadores da viação terão uma reunião, por volta das 10h, com o secretário dos Transportes, Marcelo Branco. Dependendo do resultado da reunião, eles podem parar as atividades nas outras garagens da empresa.

Ainda segundo Soares, a Himalai está deixando de operar e transferindo o serviço para a empresa Novo Horizonte. Com isso, os trabalhadores têm direito a uma indenização, que não está sendo paga.

A reportagem do R7 está tentando falar com representante da viação Himalai, mas até a publicação desta notícia não conseguiu contato.

Fonte: Correio do Povo

+ sobre o tema

Pobre Palmares!

  por Arísia Barros União,a terra de Zumbi, faz parcas e...

Olimpíadas de Tóquio devem ser novo marca na luta por igualdade

Os Jogos Olímpicos da Cidade do México, em 1968,...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

para lembrar

PSDB e PMDB perdem prefeituras; PT, PSD e PSB ganham peso

O PSDB saiu menor das urnas, em comparação...

Em prédio novo, escola de SP não possui itens básicos para estudar.

Prédio novo também continha sobras de material de construção...

Jessé Souza: Escravidão é o que define sociedade brasileira

Reescrever a história dominante de que a corrupção é...

Haddad tem 49%, e Serra, 33%, diz Ibope

O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (17), a segunda pesquisa de intenção...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=