Mulher presidirá o Parlamento pela primeira vez em Portugal

Lisboa – A social-democrata Assunção Esteves, de 54 anos, foi eleita nesta terça-feira (21/6) presidente do Parlamento de Portugal, tornando-se a primeira mulher a ocupar esse posto.

Por: France Presse

Esteves, ex-integrante da Corte Constitucional e deputada por Lisboa, foi eleita presidente do Parlamento com 186 votos de 230.

Em Portugal, o presidente do Parlamento, que substitui o presidente caso o poder fique vago, pertence tradicionalmente ao partido vencedor das eleições legislativas, neste caso o Partido Social Democrata (PSD, centro-direita).

Em um gesto significativo, o Parlamento elegeu Estevez em vez de Fernando Nobre, candidato proposto pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que não conseguiu obter a maioria nos dois primeiros turnos da eleição.

 

Fonte: Correio Braziliense

+ sobre o tema

CCFA promove exposição fotográfica 1.000 Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo

O Centro Cultural Franco Amapaense (CCFA) promoverá, no período...

Custo do machismo no país de Rafinha Bastos: placas e pinos no braço porque disse não

Sexta feira passada eu e mais nove blogueiras feministas...

Maria José Rosado: O que é isso Presidenta?

Neste final de 2011, enquanto no Uruguai, seguindo o...

para lembrar

Por aborto, 500 mil mulheres poderiam ser presas todos os anos no Brasil

A Pesquisa Nacional do Aborto, realizada em 2016, revelou...

Mulheres na ditadura: Sem adjetivos

BRASÍLIA - "Eu sabia que estava com um cheiro...

Machismo e racismo continuam desequilibrando a disputa eleitoral

Levantamento do Inesc feito a partir do cruzamento de...

‘O gênero é uma construção social’. Entrevista com Esther Diaz

Segundo a filósofa argentina, Esther Diaz, "o sexo é...
spot_imgspot_img

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como líder da bancada da federação PSOL-Rede, que hoje conta com 14 deputados, se tornando a...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...

Mais um ataque à democracia

Semana passada tirei da estante e reli trechos do livro "Como as Democracias Morrem", de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt. Tentava entender melhor o...
-+=