quinta-feira, outubro 29, 2020

    Tag: política

    Foto: Mídia Ninja/CC

    Precisamos de mais mulheres negras na politica!

    Estamos diante de mais uma eleição só que agora a nível municipal, e ainda que os tempos difíceis que viemos passando parecem não ter mais fim, é preciso termos um pouco de esperança neste momento. Esperançar no sentido freiriano da palavra, o quer dizer ir à luta, construir coletivamente possibilidades de um futuro melhor, e será no campo das disputas políticas que juntos iremos pavimentar o caminho em direção a esta realidade. Apesar dos efeitos trágicos que uma pandemia tem nos submetido, os últimos anos no país tem sido de grandes ataques a democracia e aos direitos sociais, tão importantes para o desenvolvimento digno da sociedade civil, além das constantes violências contra minorias e do genocídio da população negra. Os ataques a estes direitos que foram conquistados por meio de muitas lutas, fazem parte da agenda neoliberal implantada por governos de direita que tem ocupado o poder. E o que ...

    Leia mais
    (Foto: Keiny Andrade/LatinContent/Getty Images)

    Estudo: Brasil vive maior retrocesso em liberdade de expressão do mundo

    O Brasil sofre a maior queda no mundo na avaliação da liberdade de expressão e passa a ser qualificado dentro do grupo de países onde existe "restrição" para esse direito. A constatação é da entidade internacional Artigo 19 que, nesta segunda-feira, apresenta seu informe global sobre as ameaças à liberdade de expressão. O levantamento revela que, hoje, 3,9 bilhões de pessoas no mundo vivem sob crise de liberdade de expressão. Na prática, mais da metade da população mundial vive em um país com o indicador de liberdade de expressão em um estado de crise. Trata-se do pior resultado em 20 anos. A queda foi puxada por restrições crescentes em países com grandes populações, como a China, Índia, Turquia, Rússia, Bangladesh e Irã, e por retrocessos e quedas alarmantes em países como o Brasil, Estados Unidos, Hungria e Tanzânia. Se no ranking de 2009 o Brasil somava 89 pontos em uma ...

    Leia mais
    Deputada Leci Brandão - Foto: Ag. Alesp - Sergio Galdino

    Leci representará o Brasil na abertura do Most Influential People African Descent 2020

    Entre os dias 2 e 4 de outubro será realizado o MIPAD (Most Influential People African Descent) 2020, quando líderes de diversos países se reúnem, em evento pela internet, para popularidade e reconhecimento dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo. Na lista foram indicadas pessoas que ocupam os cargos mais elevados nas maiores, mais influentes e icônicas instituições globais. Os indicados se dividem em 4 categorias: Política e Governança, Negócios e Empreendedorismo, Mídia e Cultura e Empreendimentos Humanitários. Reprodução/Deputada Leci Brandão A cantora e deputada estadual Leci Brandão será a representante brasileira entre os líderes mundiais que estão na abertura do encontro. O convite para que o artista e parlamentar fizesse parte do tempo de líderes globais foi feito pela empresária Nina Silva, Diretora de País MIPAD e CEO do Movimento Black Money, e contorno com a ON! Hub Cultural, fundada pela empresária Tania Regina, para ...

    Leia mais
    Foto: Heloise Hamada/G1

    Mesmo com recorde de candidatos a vereador, percentual de mulheres concorrendo não aumenta nas capitais e segue próximo do obrigatório por lei

    A cada 10 candidatos a vereador nas 26 capitais do país, apenas 3 serão mulheres, aponta um levantamento do G1 feito com base nas atas das convenções partidárias. A proporção (33%) se mantém em um patamar muito parecido ao das últimas eleições municipais, em 2016 – em que 32% dos candidatos eram mulheres –, e continua abaixo da média da população brasileira. No país, a cada 10 pessoas, 5 são do sexo feminino. Proporção de candidaturas femininas se mantém próxima da cota de 30% — Foto: Aparecido Gonçalves/G1 O número de candidatos ainda pode mudar, já que a Justiça Eleitoral precisa aprovar o registro das candidaturas e pode haver desistências. Mas já é possível perceber que o percentual de candidaturas femininas para vereador será, mais uma vez, muito próximo do limite estabelecido em lei. Desde 1997, a lei eleitoral brasileira exige que os partidos respeitem a ...

    Leia mais
    A escritora e jornalista Caitlin Donohue, autora do livro 'She represents', na Cidade do México.BARBARA BYRD

    De Jacinda Ardern a Marielle Franco, livro conta as histórias das mulheres da política para adolescentes

    Pela primeira vez os Estados Unidos poderão votar em uma mulher negra para o cargo de vice-presidenta na eleição de 3 de novembro. Kamala Harris, nascida de mãe indiana e pai jamaicano, concentrou sua mensagem política na representação de gênero e origem étnica. “Te vejo. Te escuto”, é seu mantra. Quando diz isso, está olhando diretamente para as garotas dos Estados Unidos. A candidata democrata é uma das 44 mulheres citadas no livro She represents, da jornalista norte-americana Caitlin Donohue, que mora na Cidade do México. O livro, publicado em inglês pela editora Lerner, traz ilustrações de cada uma das personagens, desde chefas de Governo como Angela Merkel, da Alemanha, e Jacinda Ardern, da Nova Zelândia, até parlamentares como Tatiana Clouthier, do México, e a chilena Camila Vallejo. Também inclui outras latino-americanas: Carmen Yulín Cruz Soto, prefeita de San Juan (Porto Rico), e Marielle Franco, que foi vereadora no Rio de Janeiro e ativista LGBTQI+ até ...

    Leia mais
    Foto: Heloise Hamada/G1

    Mulheres negras enfrentam barreiras para sustentar candidaturas

    Apesar dos registros existentes de eleições no Brasil ocorrerem desde o período colonial, as eleições diretas e democrática tem história recente. A primeira eleição em território brasileiro aconteceu em 1532, de forma indireta, com regras compiladas de Portugal. Determinavam a escolha das pessoas que ocupariam os cargos da Câmara Municipal e que seriam responsáveis pela administração das vilas coloniais. Somente os denominados homens bons podiam votar e, ser votados. (Grupo de homens que possuíam alguma linhagem nobre ou que possuíam algum negócio de importância). Em 1824 no período monárquico, além do voto não ser secreto, somente os homens livres, maiores de 25 anos e ricos poderiam votar. Por que faço esta abertura? As eleições no Brasil, é marcada por um passado com profundas exclusões e alterações de ordem conjuntural, mas trazem sequelas do sistema escravagista, apontadas de forma direta nas regras e resoluções tomadas internamente por vários partidos políticos que ...

    Leia mais
    Benedita da Silva (Foto: Alessandro Dantas)

    PCdoB retira candidatura para apoiar Benedita da Silva (PT) à prefeitura do Rio

    O PCdoB anunciou, nesta terça-feira (15), que retirou sua candidatura à prefeitura do Rio de Janeiro para apoiar a candidatura da deputada federal Benedita da Silva (PT), que já foi governadora do estado e a primeira senadora negra da história do país. A pré-candidata do PCdoB à prefeitura da capital fluminense, até então, era a deputada estadual Rejane de Almeida, que informou ter acatado a decisão do partido em nome da unidade de esquerda na cidade. “Acato a decisão de meu partido de retirar minha candidatura a prefeita do Rio, cidade que está gravada no meu coração e mente e é parte de minha identidade”, disse a comunista. Até o início do ano, o PT tinha planos de formar uma chapa com Marcelo Freixo (PSOL), com Benedita na posição de vice. O psolista desistiu da candidatura e o PT, então, decidiu lançar a deputada como cabeça de chapa. A oficialização ...

    Leia mais
    Rubens Naves. (Foto: Divulgação)

    STF estabelece marcos de resistência civilizatória

    Hoje o obscurantismo violento mostra sua cara e seus impulsos sem disfarces. Diante dela, hesitação e tergiversação permitem retrocessos inaceitáveis, e ações inequívocas em defesa das conquistas democráticas e civilizacionais tornam-se imprescindíveis. Neste contexto, o Supremo Tribunal Federal acaba de publicar uma decisão que poderá se mostrar a mais importante das que irão compor a história da Justiça brasileira neste período. Em acórdão publicado no início de agosto, o STF repudia a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3.446/DF, impetrada pelo Partido Social Liberal (PSL), visando à destruição dos alicerces do Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, que acaba de completar 30 anos. Em decisão unânime, o plenário não apenas julga improcedentes os argumentos do PSL como consagra e reforça, na jurisprudência, os fundamentos constitucionais do ECA. E mais: o Supremo cobra do sistema de justiça e dos governos o cumprimento do estatuto. A ADI do PSL mirava o ...

    Leia mais
    Joice Santos (Arquivo Pessoal )

    O que nós temos a receber da política?

    2020 é o ano da Pandemia da Covid-19, que impactou o mundo como não tínhamos notícias neste século. 2020 também é ano eleitoral no Brasil, em que  iremos eleger prefeitos e vereadores para nossos municípios. Como vamos determinar as pessoas que vão guiar nossas cidades nesse cenário pandêmico? Responder a essa pergunta, me parece fundamental para a construção do futuro que nos espera. É nítido que fazer a gestão de uma cidade não é só construir lindas pracinhas e decorar com luzes brilhantes no Natal. A gestão precisa ser efetiva em identificar, analisar e suprir as demandas do território mediante políticas públicas eficientes e pautadas na realidade das pessoas e na construção de vidas dignas. Falo da gestão pública para estar sempre lembrando que pessoas eleitas são funcionárias do Estado e estão (ou deveriam estar) cumprindo funções de um cargo ao qual ocupam no momento, ou seja, estamos falando de ...

    Leia mais
    A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

    ‘Vitória do movimento negro’, diz Benedita da Silva sobre decisão do TSE

    A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) comemorou como uma decisão histórica para a representação negra na política a decisão de terça-feira (25) do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A Corte aprovou consulta feita por ela e decidiu que o financiamento do fundo eleitoral seja repartido proporcionalmente entre as candidaturas de brancos e negros a partir de 2022. Em entrevista ao UOL, ela lamentou que a determinação não valha para as eleições municipais deste ano, mas entende o motivo de somente alterar regras eleitorais com antecedência de pelo menos um ano. "Chega um momento na vida em que cada um tem de fazer uma escolha e mostrar de que lado da história está. O TSE mostrou que o lado deles é o de que quer combater o racismo", afirmou. Benedita diz que a decisão foi fruto de "luta conjunta com representantes da sociedade civil que buscam justiça racial". Reconheço fatores importantes ...

    Leia mais
    reprodução/TSE.JUS.BR

    Divisão do Fundo Eleitoral e do tempo de TV deve ser proporcional ao total de candidatos negros, decide TSE

    A distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) e do tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão deve ser proporcional ao total de candidatos negros que o partido apresentar para a disputa eleitoral, decidiu na noite desta terça-feira (25) o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão, no entanto, só valerá a partir das Eleições Gerais de 2022, e a divisão igualitária deverá ser regulamentada por resolução do Tribunal. O entendimento foi firmado na análise de consulta formulada pela deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ). Ela perguntou ao Tribunal se uma parcela dos incentivos às candidaturas femininas que estão previstos na legislação poderia ser reservada especificamente para candidatas da raça negra. Indagou se 50% das vagas e da parcela do FEFC poderiam ser direcionadas para candidatas negras. A deputada questionou também sobre a possibilidade de reservar vagas – uma espécie de cota ...

    Leia mais
    Thiago Amparo (Foto: Arquivo Pessoal)

    Pelo fim de cotas para homens brancos nas eleições

    Qual a cara do poder político no Brasil? Vejamos os números. Metade da Câmara possui patrimônio superior a R$ 1 milhão, no Senado número chega a 66%. Brancos representam quase 70% do total de congressistas, e mulheres apenas 15%. Ocupamos a posição 132 entre 190 países em termos de participação de mulheres no Parlamento, atrás da Arábia Saudita, diga-se. Poucos parlamentares, como Senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES), são pessoas com deficiência. Disparidades na política não devem ser naturalizadas. Homens brancos milionários não são seres políticos natos dotados de poderes mágicos, exceto o poder de controlar os cofres partidários. Em 2018, negros figuraram em apenas 23,9% das candidaturas com mais recursos apesar de representarem 34,2% das candidaturas nos 11 maiores partidos, segundo jornal O Globo. Na próxima terça-feira (25), o Tribunal Superior Eleitoral deverá concluir julgamento sobre o tema, em consulta apresentada pela deputada federal Benedita da Silva ...

    Leia mais
    Marri Nogueira/Agência Senado

    Partidos resistem a lançar candidatos negros mesmo após atos antirracismo e pressão do TSE

    Os protestos antirracistas que eclodiram nos Estados Unidos após a morte do ex-segurança George Floyd e se espalharam pelo mundo não foram suficientes para fazer os principais partidos brasileiros discutirem de forma relevante a expansão do espaço dos negros na política nacional. A Folha ouviu dirigentes dos grandes partidos nos últimos dias e constatou haver uma pergunta para a qual, em quase todos os casos, a resposta é o silêncio ou a tergiversação: quais são os principais pré-candidatos negros da legenda às prefeituras de capital ou de grandes cidades? Por ora, não há nenhum indicativo de que os partidos irão repetir por aqui a decisão do líder nas pesquisas à Presidência da mais poderosa nação do mundo, o democrata Joe Biden, que se viu pressionado a escolher uma senadora negra, Kamala Harris, como sua companheira de chapa. Principal partido de oposição e que tem um dos núcleos de combate ao ...

    Leia mais
    Homenagem à vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018, é vandalizada com tinta vermelha no centro de São Paulo (Foto: Fabio Vieira / Foto Budap / NurPhoto via Getty Images)

    O que é violência política de gênero e por que devemos falar sem descanso sobre ela?

    O mundo da política não está acostumado às mulheres. Sequer o mundo está acostumado com as mulheres nos espaços de poder e decisão. Com a nossa ascensão, que se dá a cada dia de forma mais arrojada nesses redutos antes ocupados predominantemente pelos mesmos homens, vêm junto os entraves – e eles não são tímidos. Para as que ousam adentrar o ambiente político institucional, esses entraves aparecem embalados por violências de todo tom. Não à toa, estudiosas da vida das mulheres participantes do sistema criaram uma expressão para dar nome ao problema: violência política de gênero. O fenômeno tem tipologia própria, classificada em cinco categorias: física, sexual, psicológica, simbólica e patrimonial. A última pode se dar, por exemplo, na medida em que não se cumpre a legislação eleitoral e há recusa em direcionar às mulheres os recursos que seriam para suas candidaturas. A simbólica é comum aparecer nas redes sociais, ...

    Leia mais
    Militares do Mali após o golpe que prendeu o presidente Ibrahim Boubacar Keita e o levou a renunciar Foto: AFP

    Entenda por que o mundo está de olho no que acontece no Mali

    Um grupo de militares do Mali prendeu, nesta terça-feira, o presidente e o primeiro-ministro do país em um golpe desfechado após semanas de protestos por causa de uma controvertida eleição, corrupção governamental e uma violenta insurgência islâmica que já dura oito anos. As ruas da capital, Bamako, explodiram de alegria após o presidente Ibrahim Boubacar Keita e seu primeiro-ministro, Boubou Cissé, serem presos junto com outros funcionários do governo. Por volta da meia-noite de terça-feira, o presidente anunciou sua renúncia na TV estatal. Os efeitos do golpe podem ultrapassar as fronteiras do Mali, cuja localização é estratégica, tendo implicações geopolíticas para a África Ocidental, o Sahel, a região árabe em geral, a União Europeia e os Estados Unidos. França e EUA interessados na região A França manteve-se profundamente envolvida nos assuntos do Mali, sua ex-colônia, décadas depois de o país ter conquistado sua independência. Para as forças francesas que lutam ...

    Leia mais
    Veronika Tsepkalo (e), Svetlana Tikhanouskaya e Maria Kolesnikova (d) se uniram para tentar derrotar Alexander Lukashenko REUTERS - VASILY FEDOSENKO

    Três mulheres se unem para derrotar presidente de Belarus, no poder há 26 anos

    As três mulheres representam candidatos que foram colocados na cadeia ou tiveram que se exilar. Maria Kolesnikova é porta-voz de Victor Babariko, detido durante a campanha. Junto com Svetlana Tikhanovskaya, que teve o marido preso, e Veronika Tsepkalo, cujo marido teve que deixar o país, elas consolidaram a oposição. “Eu me encontrei com Svetlana e Veronika, conversamos 15 minutos, e rapidamente entendemos que tínhamos o mesmo objetivo”, explicou à RFI Maria Kolesnikova. “E sabíamos que estávamos prontas para nos unir a alcançar esse objetivo”, continua. A meta das três é derrotar Alexandre Lukashenko que, pela primeira vez, encontra adversárias de peso. “Eles não se deram conta que nós éramos perigosas. Agora que entenderem, querem nos parar. Mas nós continuamos contornando os obstáculos”, celebra Kolesnikova. Em apenas algumas semanas, as três multiplicaram os comícios, reunindo até 60 mil pessoas. Uma mobilização inédita desde o fim da URSS. “Damos esperança para essas pessoas pela primeira ...

    Leia mais
    A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) durante ato na Cinelândia, Rio de Janeiro - Filipe Cordon/Folhapress

    Iniciativas dentro e fora dos partidos buscam fortalecer candidaturas negras

    A onda de protestos antirracistas que se espalhou por diferentes países fortaleceu ações dentro e fora dos partidos que buscam aumentar o número de candidaturas negras competitivas nas eleições municipais. Para isso, uma demanda é trazer mais recursos para essa parcela de candidatos. Embora representem pouco mais da metade da população do país, segundo o IBGE, os negros —pardos e pretos— seguem sub-representados nos mandatos eletivos. Nas eleições municipais de 2016, levantamento feito pela Folha mostra que as candidaturas negras para vereador somavam 48% dentre os mais de 437 mil aptos na disputa. Entre os eleitos, esse percentual caiu para 42%. Entre os pretos, apenas 5%. Na Câmara de São Paulo, por exemplo, as 55 vagas de vereador foram disputadas por mais de 1.200 candidatos, 32% negros. Entre os eleitos, porém, eles foram apenas 18%. O sociólogo e professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Uerj (Universidade do ...

    Leia mais
    Algumas das candidatas à vice da chapa de Joe Biden: Kamala Harris, Elizabeth Warren, Susan Rice e Keisha Lance Bottoms (Foto: Reprodução/Veja)

    As mulheres de Biden: adversário de Trump busca vice para sua chapa

    Joe Biden, o adversário de Donald Trump para as eleições presidenciais marcadas para novembro nos Estados Unidos, prometeu escolher uma mulher como sua candidata a vice. Com o crescimento dos protesto contra o racismo e a violência policial em todo o país, se multiplicam pedidos para que o democrata anuncie uma representante da comunidade afro-americana como sua companheira de chapa. Ter uma mulher negra ao seu lado pode ser a chave para Biden consolidar o apoio dos afro-americanos, um grupo eleitoral de extrema importância nas eleições. O ex-vice-presidente da era de Barack Obama já conta com boas taxas de aprovação entre a comunidade, mas pode fortalecer ainda mais sua candidatura ao demonstrar seu total apoio à causa durante a maior onda de protestos nos Estados Unidos do século 21. As manifestações, motivadas pela morte de George Floyd por um policial branco em Minnesota, já completam mais de três semanas. As ...

    Leia mais
    Pnina Tamano-Shata (Reprodução/Facebook)

    Africana e ativista contra racismo se torna ministra do novo governo israelense

    A advogada, de 39 anos, Pnina Tamano-Shata, foi nomeada no último domingo (17) ministra da Imigração do Governo de Israel. Africana de origem, nascida na Etiópia, ela se destaca pela luta contra a discriminação racial e em prol da integração dos membros de sua comunidade na sociedade israelense. Atualmente, os beta Israel (forma como os judeus etíopes se identificam) são cerca de 140 mil cidadãos vivendo em várias regiões do país. Pnina Tamano-Shata é conhecida e reconhecida por ter liderado protestos como, em 2015, desencadeados por incidentes entre judeus etíopes e forças policiais israelenses. A campanha sensibilizou o governo a formalizar um comitê especial no Ministério da Justiça, que publicou o Relatório Palmor. Esse documento define metas e diretrizes para se reduzir e debelar resquícios de preconceito, especialmente os que afetam os Beta Israel. Em 2016, Pnina Tamano-Shata foi agraciada com o Prêmio Unsung Hero, do Drum Major Institute. Recebeu ...

    Leia mais
    Egberto Nogueira/VEJA

    Anitta e a deseducação política brasileira

    Acantora Anitta respondeu publicamente, em suas redes sociais, às críticas que vem recebendo, nessas mesmas redes, por ter assumido seu relativo desconhecimento no campo da Ciência Política. O raciocínio da artista não poderia ter sido mais preciso, e uma síntese honesta dele é: “não sei hoje sobre política porque antes não me ensinaram; agora pergunto porque quero aprender para depois decidir melhor meu voto; zombar desse desejo de aprender atrapalha o processo de amadurecimento político pelo qual o Brasil precisa passar”. Sem dúvida nenhuma todo o episódio diz muito sobre a “briga de foice no escuro” que é a política nacional em 2020, briga atiçada de maneira irresponsável, por vários atores, ao longo dos últimos dez anos, pelo menos. Diz muito também, infelizmente, sobre a misoginia, o elitismo e o racismo “nossos” de cada dia.  Contudo, intrincado nesse episódio das agressões a Anitta, há um aspecto basal – primeiro, portanto – ...

    Leia mais
    Página 1 de 4 1 2 4

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist