Guest Post »

NBA: Na despedida de Wade a LeBron, Lakers batem o Heat e chegam à sexta vitória nos últimos sete jogos

LeBron James acertou o primeiro lance livre para dar uma vantagem de dois pontos para o Los Angeles Lakers. Dwyane Wade se aproximou antes do segundo arremesso.

Do ESPN

“Cara, erre agora para eu acertar o arremesso da vitória”, disse o camisa 3 do Miami Heat, nos segundos finais da dupla em quadra. “Eu e você. Um contra um. Me deixe tentar.”

LeBron não errou. Wade não esperava que ele errasse.

Mas eles ainda tiveram o último confronto. Um contra um para definir o jogo. Wade tentou um arremesso de três que não caiu, e o tempo acabou para garantir a vitória dos Lakers por 108 a 105 enquanto os dois brigaram por mais um rebote. O último rebote.

Por 16 temporadas, eles competiram como rivais e companheiros de time. Quando tudo acabou, eles se abraçaram imediatamente.

“Nós somos assim”, disse LeBron. “As pessoas dizem que você não deve ser amigo dos seus rivais. Mas mesmo na nossa amizade, nós competimos um contra o outro e nos motivamos.”

O ala dos Lakers marcou 28 pontos, contra 15 do ala-armador do Heat, que segue em sua “turnê” de despedida antes da aposentadoria.

Os dois aproveitaram cada momento desde que deve ter sido o último capítulo deles, juntos, em quadra. A trajetória começou em 2003. Depois de sete temporadas como rivais, LeBron se juntou a Wade no Miami Heat em 2010 – lá, venceram dois títulos e chegaram às Finais quatro vezes seguidas. Na temporada passada, foram companheiros de time em Cleveland.

Wade foi homenageado pelo Staples Center em sua despedida de Los Angeles que muitos aplausos e um vídeo no primeiro quarto. Sua esposa, a atriz Gabrielle Union, estava entre os fãs ao lado da quadra enquanto ele jogava seus últimos 32 minutos contra LeBron.

LeBron e Wade trocaram camisas após Lakers x Heat (Foto: Getty)

Os dois erraram arremessos importantes no fim, mas LeBron acertou os dois lances livres com 22 segundos para o fim. Nos minutos decisivos, todos os outros jogadores perceberam o que estava para acontecer: um marcaria o outro em todas as jogadas.

“Era a última vez que eu iria marcá-lo, então esperei até o fim”, disse Wade, que ainda deu 10 assistências e cinco rebotes depois de passar o primeiro tempo todo sem pontuar. “Ele conhece minhas jogadas assim como eu conheço as dele. Eu só queria aproveitar uma última vez.”

Os dois trocaram camisas e conversaram após o jogo. Mas devem ficar ainda mais próximos no futuro. Wade pretende se mudar para Los Angeles quando se aposentar, e LeBron já o chamou para treinar e “ajudar com os jovens” dos Lakers.

Um deles fez a diferença. Kyle Kuzma marcou 33 pontos na quinta vitória seguida dos Lakers em casa. Pelo Heat, Justise Winslow teve o melhor jogo de sua carreira e fez 28.

Wade volta para casa e, na quarta, entra em quadra com Miami para encarar o Utah Jazz. Já os Lakers vão até Houston na quinta, onde enfrentam os Rockets.

Artigos relacionados