Negros e Espânicos sofrem mais com a Gripe, diz Estudo

Fonte: da Agência Universo de Noticias

Negros e hispânicos têm quatro vezes mais chances de irem ao hospital caso contraiam gripe A (H1N1), em comparação com os brancos, segundo um estudo divulgado em Chicago. O trabalho foi apresentado como o primeiro a avaliar o impacto do vírus sobre diferentes grupos étnicos e raciais. No entanto, ainda não é possível afirmar se a diferença racial ou étnica se manterá quando os dados nacionais forem compilados, segundo um funcionário federal. As conclusões são baseadas em um pequeno número de casos, dos primeiros dias da pandemia.

Os pesquisadores avaliaram 1.500 casos da doença confirmados em laboratório, entre abril e julho. Os negros são hospitalizados com a doença em uma proporção de 9 para 100 mil, enquanto os hispânicos, de 8 para 100 mil. Entre os brancos, a taxa é de 2 para 100 mil, conclui o estudo. “Nós não temos nada definitivo para dizer que um grupo é mais afetado que outro”, disse Daniel Jernigan, médico do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

O relatório coincide com um dado de Boston, segundo o qual três de cada quatro moradores da cidade hospitalizados com a gripe A (H1N1) eram negros ou hispânicos. A causa da diferença provavelmente não é genética, segundo funcionários do setor de saúde. Mais provavelmente, isso ocorre pois negros e hispânicos sofrem mais com asma, diabetes e outros problemas de saúde, tornando-os mais vulneráveis a gripes.

Matéria original

+ sobre o tema

Brasil investe pouco em prevenção de desastres

Separada por duas ruas da margem do rio dos...

Ações para a cidadania

Testemunhamos casos de guerras, violências, feminicídios e racismo diariamente....

Entidades de segurança pública e direitos humanos dizem que novo edital precariza programa de câmeras da PM em SP

Entidades da sociedade civil ligadas à segurança pública manifestaram...

Convenção da extrema direita espanhola é alerta para o Brasil

"Manter o ideal racial de um continente branco de...

para lembrar

Manifesto “Não Tem Conversa” busca inclusão de mulheres em debates públicos

Através de assinaturas, homens se comprometem a não participar...

Mercadante convoca militância contra ataques na internet

Por: TOMAS OKUDA O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) convocou a...

Repúdio aos ataques ao Estado de Direito Democrático

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos D. Paulo...

Dilma Rousseff: ‘Não temos compromisso com práticas inadequadas’

Pressionada pelo Judiciário a conceder aumento de 56% para...

Aprovado no Senado, PL dos planos de adaptação esboça reação a boiadas do Congresso

O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (15/05) o Projeto de Lei 4.129/2021, que cria diretrizes para a elaboração de planos de adaptação à...

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram emergência no Maranhão devido às fortes chuvas que atingem todo o estado. A informação foi...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do Estado emerge da catástrofe. A pandemia de Covid-19 deveria ter sido suficiente para demonstrar que...
-+=