Neymar: qual o problema em ser preto?

A lesão nos olhos roubou o noticiário envolvendo Neymar.

Só por isso uma frase solta em uma entrevista para o Estadão escapou.

Não teve a repercussão que merecia.

Nem a colunista social que o entrevistou a destacou.

Questionado, no meio da conversa, se já foi vítima de preconceito racial, Neymar respondeu, sem pensar.

“Nunca. Nem dentro, nem fora do campo. Até porque não sou preto, né?”

Pena que faltou coragem à colunista social para explorar mais o assunto com o talentoso atacante.

Basta possuir uma vista só para ver que ele é mulato.

O brasileiro é fruto da mistura, da miscigenação.

Neymar respondeu como se o preconceito se justificasse se fosse preto.

Uma grande bobagem.

Perdoável em qualquer garoto de 18 anos.

Não em um ídolo de todo o país.

Quantas pessoas leram o Estadão querendo saber mais sobre Neymar?

O estudo fica em último lugar na carreira de qualquer jogador de futebol.

Principalmente quando ele tem um talento impressionante.

Nem há duas semanas, Danilo do Palmeiras chamou Manoel do Atlético Paranense de macaco.

A torcida do Coritiba voltou a chamar Manoel de macaco na final do Campeonato do Paraná.

Exemplos de preconceito acontecem a toda hora.

Alguém precisa urgentemente orientar Neymar.

Sua ignorância a respeito da delicada questão dói, machuca seus fãs.

Qual o problema em ser negro, mulato, mestiço, branco, vermelho?

Uma pena que a reportagem preferiu o caminho mais suave.

Destacar seu desejo por carros importados…

Se houvesse coragem poderia ter exposto de maneira mais clara o quanto Neymar está despreparado para a vida.

Talvez porque a entrevista tenha sido feita por uma colunista social, habituada às futilidades do mundo dos ricos, que ela frequenta.

Alguém precisa acordar Neymar para a vida.

Não vai ser essa colunista…

 

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

Diretora é acusada de chamar professores de gorilas nos EUA

A diretora de uma escola de ensino médio...

Atrizes ganham apoio de famosos após denúncia de racismo nos bastidores de ‘Nos Tempos do Imperador’

As artistas que denunciaram racismo nos bastidores da novela Nos...

Apenas 34% dos brasileiros confiam na polícia, diz estudo

por: Gustavo Gantois Violência e corporativismo são características mal vistas pela...

para lembrar

As cotas para negros: por que mudei de opinião por William Douglas, juiz federal (RJ)

por: William Douglas William Douglas, juiz federal (RJ), mestre em...

Adolescente filho do presidente da Cufa é assassinado em Fortaleza

Malcon Jonas, de 17 anos, foi baleado no Bairro...

Por racismo em escola, Governo de SP é condenado

Governo tem de pagar indenização de R$ 20 mil...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=