No carnaval diga não a Baixaria contra a Mulher

Durante o Carnaval a força dos artistas é absoluta. Por isso, estamos contando com vocês, cantores e cantoras que protagonizam a maior festa popular do planeta, para reforçar a nossa luta pelo fim de todos os preconceitos, da desigualdade e principalmente da violência contra a mulher.

Façam parte da campanha pela aprovação do Projeto de Lei 19.237/2011 (PL Antibaixaria), de autoria da deputada Luiza Maia, excluindo dos seus repertórios canções que incentivem a violência, o machismo e a degradação da imagem da mulher. Apóiem essa proposição que prevê o m da contratação, com dinheiro público, de artistas cujas músicas, independentemente do ritmo, retratam a mulher de forma distorcida, como se fosse um mero objeto ou mercadoria.

O debate alcançou repercussão nacional. O povo baiano já compreendeu que a aprovação deste PL representa um avanço no enfrentamento à discriminação e à violência, principalmente a violência simbólica que, por não deixar marcas visíveis a olho nu, se enraíza em nossa cultura, naturalizando a imagem da mulher sem valor e legitimando a violência de gênero.

Não vamos deixar que o “estado que chamamos de Bahia”, como disse o poeta, onde nasceu o Brasil, se transforme em nascente de uma onda de desvalorização e desrespeito à gura feminina.

Seja, no Carnaval, uma voz altiva na luta pelos direitos das mulheres viverem em uma sociedade sem machismo, sem racismo, sem sexismo e sem violência.

Carta aos artistas baianos Sucesso no Carnaval!

Diga não a baixaria contra a mulher!

Conra no verso as autoridades que assinam este documento

 

Luiza Maia

Deputada Estadual

Maria Del Carmem

Deputada Estadual

Neusa Cadore

Deputada Estadual

Angêla Souza

Deputada Estadual

Claudia Oliveira

Deputada Estadual

Graça Pimenta

Deputada Estadual

Tânia Portugal

Prefeita de

São Sebastião do Passé

Domingas Souza da Paixão

Prefeita de Gov. Mangabeira

Aladilce Souza

Vereadora de Salvador

Drª Marilda Marcela da Luz

Delegada da Mulher de

Brotas

Drª Iola Nolasco Farias

Delegada da Mulher de

Candeias

Célia Sacramento

Pres. do Conselho da

Mulher de Salvador

Drª Sara Gama

Promotora Titular da 1ª Vara

de Violência Doméstica

Drª Nartir Weber

Presidente da Associação dos

Magistrados da Bahia

Aurina Santana

Reitora do IFBA Bahia

Aurenita Castillo

Secretária da Mulher de Camaçari

Rilza Valentim

Prefeita de

São Francisco do Conde

Assembleia Legislativa da Bahia

Comissão de Direitos

da Mulher

SECRETARIA DE POLÍTICAS

PARA AS MULHERES

+ sobre o tema

Fé, menina. De homem pra homem.

30 homens estupraram uma menina. 30! e sabe o que mais? eles...

Secretário da Juventude de Temer é acusado de assédio sexual e agressão

O novo secretário nacional de Juventude, Bruno Moreira Santos,...

Violência contra mulher negra é tema de debate

Com o objetivo de debater e propor soluções para...

Janot pede arquivamento de inquérito contra candidato à prefeitura do Rio acusado de agredir a ex-esposa

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu nesta segunda-feira...

para lembrar

Em Minas Gerais, tornozeleira eletrônica evita que homem volte a atacar mulher

Cintia Sasse A Lei Maria da Penha é admirável não...

Por que as mulheres são estupradas, segundo a polícia – Por: Nádia Lapa

Policial catarinense dá dicas para as mulheres evitarem estupro....

Quando a beleza dói

O que leva adolescentes a espancar uma colega por...

Considerações sobre o estupro coletivo no Rio de Janeiro

Eu li vários textos sobre o estupro coletivo no...
spot_imgspot_img

Estrela do Carnaval, ex-passista Maria Lata D’Água morre aos 90 anos em Cachoeira Paulista, SP

A ex-passista Maria Mercedes Chaves Roy – a ‘Maria Lata D’Água’ – morreu na noite dessa sexta-feira (23), em Cachoeira Paulista, no interior de São...

Depois de um carnaval quente, é hora de pensar em adaptação climática

Escrevo esta coluna, atrasada, em uma terça-feira de carnaval. A temperatura da cidade de São Paulo bate 33°C, mas lá fora, longe do meu ventilador,...

Leci Brandão sai em defesa da Vai-Vai: ‘Nenhuma instituição está acima da crítica’

'A crítica social é necessária na medida em que ela força as instituições a se autoavaliarem e melhorarem', disse a parlamentar A deputada estadual Leci...
-+=