No Metro mulher acusa homem negro de roubar o seu celular que estava dentro da sua bolsa

No interior de um vagão do metrô de SP, um ato racista: uma mulher acusa injustamente um homem negro de roubar o seu celular e no fim das contas, ele estava dentro da sua bolsa o tempo todo. Ela é hostilizada pelo internauta e demais passageiros do trem.

no Optclean

O mais impressionante disso tudo é que ela ficou um bom tempo insistindo com o pobre rapaz (aparentemente haitiano) completamente indignada, entre dezenas de passageiros no trem. Chegou a pegar o celular do rapaz e ameçar chamar a polícia, até que encontrou o seu celular dentro da bolsa.

Como ninguém se manifestou a respeito, Felipe Feitosa gravou e soltou o verbo na senhora com comportamento racista.

Agora assista ao vídeo logo abaixo e tire suas próprias conclusões.

leia também: Mulher acusa jovem universitário de roubar celular. Que estava na bolsa dela… 

+ sobre o tema

A luta da UFSB no combate ao racismo no Sul da Bahia

A encruzilhada do combate ao racismo hoje tem muitos...

Informe preliminar revela casos de intolerância religiosa

O documento foi lançado na Marcha Nacional pela Liberdade...

Nota da Coalizão Negra por Direitos por justiça para Miguel Otávio!

A Coalizão Negra por Direitos se solidariza com a...

para lembrar

Cliente terá que pagar R$ 25 mil por racismo contra consultor de loja de telefonia em MT

A Primeira Câmara de Direito Privado do Tribunal de...

Quando o Estado mata em nome da segurança

A Anistia Internacional lança, nesta segunda (3), o relatório...

Olodum denuncia caso de racismo pelo Planeta Band

Em seu perfil no Facebook, o presidente do Olodum...
spot_imgspot_img

Maurício Pestana: escola de negros e o Terceiro Vagão

Em vários artigos já escritos por mim aqui, tenho apontado como o racismo no Brasil utiliza a via da questão econômica e educacional para...

Tragédia no RS apaga pessoas negras e escancara racismo ambiental

No início dos anos 2000, viajei a Mato Grosso do Sul para participar de um evento universitário. Lembro que na época eu causei espanto...

Racismo em escolas de Niterói: após reunião com mãe de dois adolescentes vítimas de insultos, deputada vai oficiar MP, polícia e prefeitura

Após uma reunião com Renata Motta Valadares, mãe de dois adolescentes de Niterói que foram vítimas de racismo em duas diferentes escolas particulares, a deputada estadual...
-+=