No Twitter, Marina diz que volta ao Senado para votar o ‘Ficha Limpa’

Por: Bruno Siffredi

SÃO PAULO – A senadora Marina Silva (AC), pré-candidata do PV à Presidência, disse nesta quarta-feira, 12, em seu Twitter, que pretende retornar ao Senado para participar das votações do ‘Ficha Limpa’, projeto de lei que proíbe a candidatura de políticos condenados pela Justiça.

“O projeto Ficha Limpa, que havia sido protelado, foi aprovado na Câmara. Agora vai para o Senado e estarei lá para votar”, escreveu Marina no microblog. A senadora está nesta quarta-feira em Natal, no Rio Grande do Norte, onde concedeu entrevistas para rádios locais.

Marina se licenciou do Senado no dia 29 de abril, para se dedicar à campanha eleitoral . Na ocasião, ela indicou através de nota que estava “consciente de que poderá retornar à Casa, a qualquer momento, antes da data estabelecida, se isso for importante para a defesa dos interesses nacionais”. O anúncio do licenciamento também foi realizado através do Twitter.

O projeto de lei “Ficha Limpa”, aprovado nesta terça-feira, 11, pela Câmara dos Deputados, ainda precisa passar pelo crivo do Senado. A proposta de iniciativa popular prevê a inelegibilidade de políticos condenados por órgãos colegiados por oito anos, depois de cumprida a pena estabelecida pela Justiça. O projeto, porém, dificilmente terá validade nas eleições de outubro.

Fonte: Estadão

+ sobre o tema

EUA se abstêm pela primeira vez em voto na ONU contra embargo a Cuba

Pela primeira vez, os Estados Unidos se abstiveram de...

“É melhor morrer em pé do que viver de joelhos”

Quem ama as liberdades democráticas que se mire em...

Abolicionismo do século 21

Por: Edson França Completamos no dia 13 de...

Cornel West: Goodbye, American neoliberalism. A new era is here

Trump’s election was enabled by the policies that overlooked...

para lembrar

São Paulo de Kassab: Cidade em crise

Índices de desaprovação de Kassab evidenciam o esgotamento de...

Carta ao ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz

Do Pacto Pela Democracia  Exmo. Sr. Ministro-Chefe da Secretaria de Governo...

Até quando a sabotagem conservadora poderá resistir?

por Saul Leblon A Folha quer ser...

Obama: Vitória do povo americano

Por: LUIZ CARLOS BRESSER-PEREIRA É hora de celebrar a vitória...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=