O rei borboleta e o desenhista tartaruga – Por Fernanda Pompeu

A historinha é oriental e saborosa: um rei desejou pregar na parede de sua alcova real o desenho de uma borboleta. Isso porque ele, já na idade madura, selecionava seus amores. E definitivamente borboletas estavam entre suas predileções.

Então ordenou que encontrassem o mais hábil desenhista do país. Seus conselheiros e puxa-sacos foram à cata e, depois de cuidadosa procura, apresentaram um velho homem ao monarca. “Majestade, este súdito é o maior desenhista de borboletas do mundo.”

O rei descreveu como era a borboleta do seu desejo. Combinou que pagaria duas moedas de ouro pelo serviço. O desenhista – um profissional pobre, apesar de talentoso – disse que voltaria ao palácio tão logo terminasse a borboleta.

Passou um mês, dois, três. Impaciente, o mandatário ordenou que chamassem o borboleteiro. O desenhista se desculpou: “Majestade, ainda estou trabalhando no desenho. Trata-se de uma borboleta belíssima e delicada. Preciso de mais tempo.”

Dois anos mais tarde, quando sua majestade havia se esquecido da encomenda, o velho desenhista repicou o enorme sino da recepção do palácio. Apresentou seu RG em papiro e pediu para ver o monarca.

No princípio, o rei ficou surpreso: “Ora, ora. Aí está o desenhista-tartaruga. Precisou de dois anos para garatujar um inseto? Cadê o resultado?” O desenhista fez uma mesura e mostrou uma folha em branco.

Daí o monarca explodiu em cólera. “Vou mandá-lo para a masmorra. Você vai apodrecer lá até morrer. Guardas!” Neste momento, com a placidez que só os sábios detêm, o velho artista desenhou ali mesmo a mais bela borboleta que o mundo já viu.

Na sequência pediu licença e explicou: “Nesses dois anos e três meses trabalhei com afinco dentro da minha mente. Desenhei na imaginação todos os detalhes da borboleta. Me preparei para executá-la com extrema rapidez e lenta arte diante dos olhos de vossa majestade.”

O desenho ficou tão gracioso que o Rei substitui a masmorra por um banquete. Para pasmo geral deu até um abraço no velho desenhista. E decidiu agraciá-lo com o título de Dom Tartaruga Com Asas.

Imagem: Régine Ferrandis.

+ sobre o tema

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste...

‘Criança não é mãe’: manifestantes em todo o Brasil protestam contra PL da Gravidez Infantil

Diversas cidades do país receberam na noite desta quinta-feira...

É sórdido condenar vítima de estupro por aborto

É sórdido e apequena a política o Projeto de...

Geledés repudia decisão da Câmara sobre aborto

Geledés – Instituto da Mulher Negra vem a público...

para lembrar

Eleições 2010: Jardinagem

Jardinagem. De Marina Silva, em vídeo colocado pelo PV...

Parlamentares evangélicos esclarecem aos fiéis sobre campanha rasteira contra Dilma

A tropa de choque evangélica da campanha Dilma...

O baile de máscaras “Bem Te Viu, Bem Te Vê”, na Savassi – por Fátima Oliveira

Quem não foi, perdeu! O quarteirão do Ronaldo Fraga, emoldurado...

Mulheres vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio; confira locais dos atos

Mulheres vão às ruas de diversas partes do país em protesto contra o avanço, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que equipara...

Taxação dos super-ricos tem que ser encarada de frente, diz Neca Setubal

Maria Alice Setubal diz que não saiu ilesa daquele 2014. O ano era de eleição presidencial, e Neca, como é conhecida, integrava o núcleo duro...

Salário menor na advocacia é mais frequente entre mulheres e negros

A proporção de advogados na menor faixa salarial da categoria é maior entre negros e mulheres, segundo levantamento da OAB (Ordem de Advogados do Brasil) que...
-+=