Odarah e Instituto Black Bom em feira de negócios e bate-papo

Evento acontece amanhã em casa nova: a sede do Instituto Black Bom, numa casa na esquina da Rua do Senado com Rua Riachuelo, Lapa

Por RICARDO SCHOTT, do O Dia 

Rio – Numa parceria da Odarah Produção Cultural e do Instituto Black Bom — que realiza o Baile Black Bom, responsável por unir negócios, música e conscientização em bailes animados —, o Odarah Ética e Empreendedorismo acontece amanhã em casa nova: a sede do Instituto Black Bom, numa casa na esquina da Rua do Senado com Rua Riachuelo, Lapa.

“É um lugar de muito fácil acesso. Fica bem próximo aos acessos de Santa Teresa e no coração da Lapa. Queremos reunir pessoas de todas as cores, credos e filosofias de vida”, conta Fabíola Oliveira, do Odarah.

Às 13h, o bazar tem feiras de negócios (com marcas como Jazztopia, VB Atelier, Negra Rosa, Odara Modas, Amara Nega e Grão de Chã). Às 15h, uma roda de conversa sobre empreendedorismo e ética, com participações dos criadores da Odarah (Fabíola Oliveira, Skel Vozes, Jaciana e Leandro Melquíades), do casal que comanda a BotaCara Produções, realizadora do Baile Black Bom (Sami Brasil e Antonio Consciência) e da cineasta e professora de música Lelette Couto. A partir das 13h, tem feijoada.

Jaciana (segunda da esquerda para a direita) e seu filho Matias (à frente)Divulgação

“O Instituto Black Bom é um guarda-chuva de negócios que dá espaço para iniciativas de pessoas negras espalhadas pelo Brasil, e no coração do Rio de Janeiro”, conta Fabíola. No evento de amanhã, o Baile fica de fora — mas há planos para rodas de samba, conversas sobre jazz e mais papos artísticos.

Serviço

ODARAH ÉTICA E EMPREENDEDORISMO — INSTITUTO BLACK BOM. Rua do Senado 338, Lapa. Amanhã, de 13h às 20h. Entrada gratuita.

+ sobre o tema

É possível morrer de coração partido?

Por:Stephen Evans Quando Margaret Williams morreu, no País de Gales,...

Resolução inclui estatísticas raciais no sistema de emprego brasileiro

Regulamentação auxilia na formulação de políticas pública para combater...

O sofrimento psíquico dos negros e a importância do psicólogo negro enquanto reparador

Ainda que a sociedade brasileira seja composta em sua...

Salil Shetty: “Me sinto em um lugar onde direitos humanos não existem”

Em sua segunda vinda ao país, secretário-geral da...

para lembrar

Alma Preta organiza curso de mídias negras em São Paulo

Atividade, que será realizada em 9 de junho no...

Desemprego em 2014 foi de 4,8%, menor nível desde 2002, segundo IBGE

A taxa de desemprego no ano passado teve média...

O linchamento como sintoma

O verdadeiro crime cometido por Cleydison Pereira Silva, espancado...

O crime perfeito

Durante a reunião de pauta desta edição, alguém sugeriu...
spot_imgspot_img

NOTA PÚBLICA | Em repúdio ao PL 1904/24, ao equiparar aborto a homicídio

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público manifestar a sua profunda indignação com a...

Nota pública do CONANDA contrária ao Projeto de Lei 1904/2024

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, instância máxima de formulação, deliberação e controle das polícas públicas para a...

Marcelo Paixão, economista e painelista de Geledés, é entrevistado pelo Valor

Nesta segunda-feira, 10, o jornal Valor Econômico, em seu caderno especial G-20, publicou entrevista com Marcelo Paixão, economista e professor doutor da Universidade do...
-+=