Olívia Santana será candidata do PCdoB a prefeita de Salvador

O nome da deputada estadual Olívia Santana foi o escolhido pelo PCdoB para disputar a Prefeitura de Salvador nas eleições de 2020.

no Mídia Bahia

Foto: Amanda Oliveira/GOVBA

A escolha por Olívia foi feita entre a cúpula dos comunistas e será divulgada nesta segunda-feira (4) em coletiva de imprensa, às 10h, no Hotel Wish.

Um membro do PCdoB que não quis se identificar, disse que a deputada federal Alice Portugal recebeu a notícia com tranquilidade, mas teria ficado “decepcionada” pois pontua bem em todas as pesquisas.

A parlamentar esperava disputar novamente o Palácio Thomé de Souza. Nas eleições de 2016, ela ficou em segundo lugar, perdendo no primeiro turno para o prefeito ACM Neto.

O martelo será batido completamente na conferência estadual do partido, que acontecerá dia 23 de novembro, em Salvador.

+ sobre o tema

‘Ainda faltam papéis para a mulher negra’ , diz Ruth de Souza

Filmes da atriz estão em cartaz em mostra no...

Assim falou Luiza Bairros

Nascida em 1953, a gaúcha de Porto Alegre Luiza...

Mortes de mulheres negras aumentam 54% em dez anos

A violência contra as mulheres brancas diminuiu, mas contra...

“Queremos representatividade para além do comercial de xampu”

A blogueira Rosangela J. Silva é nossa primeira entrevistada...

para lembrar

Léa Garcia

Nascida no Rio de Janeiro, em 11 de março...

Beyoncé canta Tina Turner em espetáculo futurista da nova turnê ‘Renaissance’

Numa performance brilhante, Beyoncé fez o primeiro de seus cinco shows...

A presença de uma Juíza Negra no STF é uma questão de coerência, reparação histórica e justiça

A Constituição Federal, estabelece como objetivo da República Federativa...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=