Onawale: mulheres que transcendem

VÁ FUNDO NO UNIVERSO FEMININO, POÉTICO E SENSÍVEL DE ALILE DARA ONAWALE.

Por Diane Lima Do No Brasil

“(…) NÓS, QUE ALÉM DE AR E BARRO
SOMOS ÁGUA
VOS AGRADECEMOS, DANDALUUNDA
PELA TUA PARTE QUE NOS TOCA
E NOS FAZ VIVER
E SERMOS MAR
SERMOS RIO
SERMOS CHUVA
E SERMOS DEUS.”
TRECHO DO POEMA LOUVOR DE LANDE ONAWALE.

Mergulhar no universo feminino sobretudo da mulher negra é a mensagem que carrega nos olhos e na alma Alile Dara Onawale, fotógrafa que com apenas 21 anos, nos presenteia com imagens cheias de sensibilidade e pureza. Baiana passando um tempo no Rio de Janeiro onde estuda fotografia expandida no Parque Lage, teve seus primeiros contatos com a fotografia antes dos 15 anos quando ganhou da avó uma Kodak C310 de presente. Planejando voltar para a Bahia logo em breve onde pretende “explorar mais do que a sua terra natal tem para oferecer”, nos contou um pouco sobre seu processo de criação e motivação: ” na verdade é um processo meio inconsciente, quando eu percebo, já está lá feito. É engraçado pensar na maneira como faço as imagens…. é engraçado porque elas simplesmente surgem na minha frente, a todo momento! Tudo é ‘fotografável’: o andar, a distração, os gestos, tudo. É a minha forma de mostrar para essas mulheres toda minha admiração e todo amor que tenho por elas e pelo que representam”.

Alem de ter um olhar que nos emociona, Alile é ainda dona de um nome que sugere uma ancestralidade africana que nos chamou muito atenção: “Alile é água e Dara vem da música, de tudo o que há de positivo. Onawale foi o nome dada a uma geração de crianças agora já maiores….algumas pessoas do candomblé tem esse nome e colocaram nos seus filhos. Minha mãe diz que é uma espécie de sinônimo para resgate… caminho de volta… resgatar e respeitar sua ancestralidade…”

Depois que soubemos o significado da palavra, fez ainda muito mais sentido olhar para o trabalho de Alile Dara Onawale e saber que nele reside uma prática política de exaltação da mulher negra que tem tudo a ver com o seu nome.

Para NoBrasil ficou a certeza que Onawale além de uma geração de filhos de nomes lindos é também uma geração de talentos, de pais e mães que educaram suas crianças para representar a cultura negra no Brasil e ser motivo de orgulho para todos nós.

CLICK TO TWEET

Que venham outras gerações.

De braços abertos, NoBrasil agradece.

a-alma-de-cada-folha_1

a-alma-de-cada-folha_2

11

a-menina-pinta-a-floresta-revista-capitolina

MG_2962-3

IMG_1448

IMG_4032

Untitled-2

Untitled-3

gaia

+ sobre o tema

Shiloh completa 8 anos e QUEM te mostra o estilo ‘tomboy’ da filha de Pitt e Jolie

Garotinha costuma usar roupas dos irmãos e já declarou...

Pela primeira vez EUA terão uma secretária de Justiça negra

Loretta Lynch superou o bloqueio mais longo do Senado...

Luiza Mahin: a mulher que virou mito da força negra feminina

Não há nenhum registro conhecido sobre Luiza Mahin, mulher...

para lembrar

O PL 5069/2013 e suas distorções

Neste momento de aguda contradição entre sociedade civil e...
spot_imgspot_img

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...
-+=