Os ataques que Blue Ivy sofreu na foto de Beyoncé do VMA 2016 são inadmissíveis

Essa não é a primeira vez que Blue Ivy – a filha única de Beyoncé que tem apenas 4 anos de idade – recebe comentários negativos sobre sua aparência via redes sociais. Desde que nasceu, sua vida tem sido observada e compartilhada pela internet afora e, com tanta exposição – mesmo que sua mãe popstar tente evitar – surgem alguns problemas.

por Elle no M de Mulher

Tudo começou em 2014 com uma petição online e racista que dizia para a cantora pentear o cabelo afro de sua filha. Infelizmente, o abaixo-assinado tomou uma proporção considerável. O intuito era alcançar 7,5 mil assinaturas e o total chegou perto: 5.769. Com isso, Beyoncé decidiu se manifestar usando o que ela tem de melhor: sua música.

 

Em ‘Formation‘, Queen B contra-ataca dizendo “I like my baby hair with baby hair afro“, em tradução livre para o português “eu gosto do cabelo afro da minha filha como ele é”. O clipe funciona quase como um manifesto sobre a cultura negra nos Estados Unidos e também como uma demonstração de algumas violências que essa população lida devido à cor de sua pele, e claro, à textura de seu cabelo.

Antes de ir para o VMA (Video Music Awards) – premiação na qual Beyoncé se tornou recordista na noite passada (28.9) – a performer decidiu postar uma foto de sua filha que pisou ao lado dela no tapete branco do evento. Por lá, os ataques começaram mais uma vez. Agora, eles falam sobre a fisionomia de Blue, mostrando que nem uma criança escapa de julgamentos à aparência. “Ela nem parece filha da Beyoncé”, dizia um deles. “Ela parece com o pai e todos sabem que ele é feio”, diz outro. “Que menina feia, o nariz é grande igual ao do pai”, escreveram nos comentários. Além de mensagens extremamente racistas, que chegaram a compará-la a um macaco.

Ainda neste ano, outras celebridades negras também sofreram nas redes sociais. Leslie Jones – uma das protagonistas do remake de ‘O caça-fantasmas’ – até saiu do twitter depois de sofrer tantos ataques. A ginasta estadunidense Gabby Douglas também passou por situações desconfortáveis ao competir na Olimpíada do Rio de Janeiro. Além delas, Serena Williams foi criticada pela escolha de sua roupa para disputar a final do campeonato de tênis de Wimbledon.

+ sobre o tema

Brasil: O País do Racismo

Enviado para o Portal Geledés por Daniela Luciana e Ana Luiza...

Refletindo sobre a Cidadania em um Estado de Direitos Abusivos

Em um momento em que nos vemos confrontados com...

Não peçam o fim dos levantes, diz Alexandria Ocasio-Cortez

Se você deseja o fim dos levantes, mas não...

para lembrar

AMICUS NA ADPF DAS COTAS DA UNB – contra os falsos cotistas

FOI ADMITIDO NA ADPF 186, a ação contras as...

Advogada acusa mecânico de racismo

Advogada acusa mecânico de racismo. Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul-...

Foto racista publicada por revista russa gera polémica

Uma fotografia da editora de uma revista russa, sentada...
spot_imgspot_img

Mãe não é tudo igual

- Coloca um casaco, meu filho! - Na volta a gente compra, filha. É bem provável que muitos de nós já tenhamos ouvido alguns desses bordões...

Carta aos negacionistas: comprem um seguro de vida

Senhores negacionistas, Coube à nossa geração viver uma encruzilhada existencial: ou mudamos a forma de nos relacionar e habitar o planeta, ou simplesmente esse planeta...

À espera da extinção da escravidão

Dia 13 de maio de 2024 completam-se 136 anos da assinatura da Lei 3.353/1888 pela então princesa imperial regente. Para além do abandono dos negros...
-+=