Para Gigi Riva, Balotelli pode ser a ‘cura para o racismo’

O ex-jogador da Azurra diz que pensa em Balotelli como um símbolo na nacionalidade italiana.

 

Sem nenhum medo de represálias, Balotelli insistiu que nada é feito contra o racismo no futebol. O italiano tem sido alvo de abusos desde o retorno à Itália, especialmente de torcedores da Inter de Milão. Mas por outro lado, o jogador do Milan recebeu também uma multa, depois de confrontar os adversários.

“Obviamente o racismo no futebol me incomoda, me deixa bravo. Me desculpa porque nós sempre precisamos acusa-los. Nós estamos em um processo lento nessa questão, esperamos que isso melhore no futuro”, analisou Balotelli.

A lenda italiana Gigi Riva acredita que Super Mario é potencialmente a “cura para o racismo” no país. “Ele é forte, tem grandes qualidades morais. Além disso, ter um negro como um símbolo da Itália seria a melhor cura para o racismo que nós poderíamos encontrar”, disse o ex-jogador.

“Eu penso em Balotelli como um símbolo da nacionalidade italiana e, portanto, ele é muito importante. Ele pode se tornar um ponto de referência, a fim de erradicar a coisa repugnante que é o racismo”, acrescentou o campeão europeu de 68.

Gigi Riva também elogiou Balotelli como jogador de futebol. “Em um nível técnico, o seu jogo é simples, mas ele é uma força da natureza com uma energia física e músculos”, comentou ele em entrevista ao Corriere dello Sport.

 

 

Fonte: Goal

+ sobre o tema

Leci Brandão sai em defesa da Vai-Vai: ‘Nenhuma instituição está acima da crítica’

'A crítica social é necessária na medida em que...

Nota de esclarecimento GRCSES VAI-VAI

Em 2024, a escola de samba Vai-Vai levou para...

Moção de solidariedade da UNEGRO ao Vai Vai 

A União de Negras e Negros Pela Igualdade (UNEGRO),...

para lembrar

Rodada contra Racismo

Neste final de semana, a Confederação Brasileira de Futebol...

Olivier Rousteing: ‘A moda é racista’

Único negro à frente de uma grife de luxo,...

Tribunal de Londres processa zagueiro John Terry por racismo

LONDRES, Reino Unido — O capitão da seleção inglesa...

Procon-SP notifica shopping após mãe denunciar racismo

O Procon-SP notificou ontem o Bourbon Shopping São Paulo...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=