Para Lula, Brasil encontrou caminho para a geração de empregos

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou os dados de empregos formais criados nos últimos anos e afirmou que eles mostram que o Brasil “encontrou o caminho… da geração de empregos”.

 

“Porque nós estamos fazendo o que não acontecia desde 1975, quando entramos numa crise de desemprego no Brasil, de desativação das atividades econômicas no Brasil”, disse o presidente em seu programa semanal de rádio.

Na semana passada, o Ministério do Trabalho e Emprego informou que foram criados em 2009 1,766 milhão de novos empregos formais, levando o total entre 2003 e 2010 a 13,9 milhões.

“Ao criarmos 14 milhões de empregos, a gente fica olhando a Europa e os Estados Unidos, que perderam, apenas em 2009, praticamente 16 milhões de postos de trabalho”, comparou Lula. “Finalmente, o Brasil vai se transformar numa grande economia.”

MERCOSUL

O presidente também elogiou os resultados da 39a Cúpula do Mercosul, realizada em San Juan, na Argentina, na semana passada, dizendo que foi “uma das melhores” das quais já participou.

Segundo o presidente, a aprovação do Código Aduaneiro do Mercosul e o fim da dupla cobrança da Tarifa Externa Comum (TEC), entre outras medidas, serão importantes para melhorar o comércio do bloco.

“Nesses oito anos que eu participo do Mercosul, esta foi a reunião mais produtiva, me dando a impressão de que, pela primeira vez, todos nós tivemos consciência da verdadeira importância do fortalecimento do Mercosul”, afirmou.

Lula também destacou o encontro com a presidente da Argentina , Cristina Kirchner, dizendo que os dois países querem intensificar os esforços de cooperação para o uso pacífico da energia nuclear.

 

Fonte: JusBrasil

+ sobre o tema

Salve Zumbi e João Cândido, o mestre sala dos mares

Por Olívia Santana   Há 15 anos, após uma grande marcha...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

Procurador-geral da República, Janot, pede prisão de Renan, Sarney, Jucá e Cunha

Janot também pediu afastamento de Calheiros da presidência do...

Passagem de ônibus em SP vai aumentar para R$ 3

Declaração foi feita pelo prefeito Gilberto Kassab na manhã...

para lembrar

PSDB e PMDB perdem prefeituras; PT, PSD e PSB ganham peso

O PSDB saiu menor das urnas, em comparação...

Em prédio novo, escola de SP não possui itens básicos para estudar.

Prédio novo também continha sobras de material de construção...

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a...

Haddad tem 49%, e Serra, 33%, diz Ibope

O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (17), a segunda pesquisa de intenção...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=