Parlamento de Uganda aprova lei contra uso de minissaias

Parlamentares de Uganda aprovaram um projeto de lei controverso que proíbe o uso de minissaias no país.

A legislação “antipornografia”, que também torna proibidos conteúdos notoriamente sexuais em músicas e vídeos, foi colocada em votação após um curto debate.

Quando Simon Lokodo, o ministro da Ética e da Integridade, sugeriu o projeto de lei neste ano, ele disse que mulheres usando “qualquer coisa (vestidos ou saias) acima do joelho” deveriam ser presas.

O projeto ainda precisa ser aprovado pelo presidente antes de se tornar lei.

Uganda é um país conservador em questões sociais. A nação também analisa, por exemplo, um outro projeto de lei para punir atos homossexuais, que prevê até pena de morte em alguns casos.

Segundo o jornal Monitor, de Uganda, a nova legislação pode banir materiais que mostram peitos, coxas e nádegas ou que mostrem qualquer comportamento erótico que possa causar excitação sexual.

Segundo a correspondente da BBC em Kampala, Catherine Byaruhanga, se a nova lei for aprovada deve prejudicar principalmente os tabloides do país.

Fonte: BBC

+ sobre o tema

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

Taxa de alfabetização chega a 93% da população brasileira, revela IBGE

No Brasil, das 163 milhões de pessoas com idade...

para lembrar

Deputados acusam Enem de ‘doutrinação’ por abordar feminismo

Bolsonaro e Feliciano condenaram questão que trazia texto de...

Ana Maria Gonçalves – Lobato: Não é sobre você que devemos falar

Por: Ana Maria Gonçalves Monteiro Lobato: um homem com um...

Água limpa

A soteropolitana Anna Luísa Beserra Santos, 22 anos, está...

Faltam professores qualificados em cultura afro-brasileira, diz especialista

Lei determina o ensino da cultura afro em escolas...
spot_imgspot_img

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos os candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no pagamento da inscrição do Exame Nacional...
-+=