Guest Post »

Secretário de Eduardo Campos demitido depois de comparar homossexual a ladrão e dizer que “mulher gosta de farda”

O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Wilson Damázio, deixou o cargo nesta quinta-feira após repercussão negativa de entrevista ao Jornal do Commercio, do Recife.

Entrevistado pelo jornal sobre denúncias de abusos sexuais praticados por policiais, ele disse: “Desvio de conduta a gente tem em todo lugar. Tem na casa da gente, tem um irmão que é homossexual, tem outro que é ladrão, entendeu?”

Em outro momento da entrevista, o secretário diz que “mulher gosta de farda”.

“Elas às vezes até se acham porque estão com policial. O policial exerce um fascínio no dito sexo frágil. Eu não sei por que é que mulher gosta tanto de farda. Todo policial militar mais antigo tem duas famílias, tem uma amante, duas. É um negócio. Eu sou policial federal, feio para c…, a gente ia para Floresta [cidade do sertão] para esses lugares. Quando chegávamos lá, colocávamos o colete, as meninas ficavam tudo sassaricadas. Às vezes tinham namorado, às vezes eram mulheres casadas. Para ela é o máximo tá [sic] dando para um policial. Dentro da viatura, então, o fetiche vai lá em cima, é coisa de doido”, disse.

As declarações motivaram repúdio de entidades da sociedade civil e da oposição.

No começo da noite, o governo de Pernambuco a demissão de Damázio.

 

 

Fonte: Diário do Centro do Mundo

Related posts