Parlamento italiano rejeita projeto de lei contra homofobia

Os deputados italianos rejeitaram nesta terça-feira um projeto de lei contra a homofobia, provocando a ira dos militantes dos direitos dos homossexuais, que exigem a intervenção da União Europeia.

É a segunda vez que os deputados rejeitam o texto, que prevê entre outras coisas uma condenação de declarações, gestos e atos homófobos.

“Este Parlamento decidiu trair a justiça e apoiar a violência”, disse Paolo Patane, diretor da associação Archigay.

O militante pediu ajuda à União Europeia “frente a este aumento extremamente perigoso da homofobia, da xenofobia e do racismo, que o Parlamento italiano decidiu legitimar”.

Um deputado do partido do chefe de governo Silvio Berlusconi (centro-direita), Fabrizio Cicchitto, rejeitou as acusações e justificou a oposição ao texto dizendo: “Não queremos uma legislação que diferencie os indivíduos ante a lei (…) o que é também anticonstitucional”.

O projeto de lei foi defendido pelo opositor Partido Democrata, depois de uma primeira votação contrária em 2009.

Fonte: AFP

+ sobre o tema

Após ser eliminado por fraude nas cotas raciais, candidato ganha causa e é nomeado diplomata em vaga para negros

Após ser barrado em uma comissão, por não apresentar características...

Morte no Araguaia

Passados os 50 anos do golpe militar a coluna...

Marina Silva acerta filiação ao PSB

O quadro sucessório de 2014 sofre uma reviravolta...

PMs acusados de matar motoboy têm liberdade negada

  DE SÃO PAULO - O Tribunal de...

para lembrar

Uso do álcool em gel nas mãos para evitar a nova gripe requer cuidados

Fonte: G1 - Nesta semana, milhões de estudantes...

Lilia Moritz Schwarcz: “O Brasil pratica uma política de eufemismos”

A antropóloga é coautora do livro "Brasil: Uma Biografia" Por Itamar...

Separados? Que nada! Dudu Nobre e Adriana Bombom circulam juntos no Rio

Fonte: Globo.com- Dudu Nobre aproveitou a noite de...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...

Em 20 anos, 1 milhão de pessoas intencionalmente mortas no Brasil

O assassinato de Mãe Bernadete, com 12 tiros no rosto, não pode ser considerado um caso isolado. O colapso da segurança pública em estados...
-+=