Passagem de ônibus em SP vai aumentar para R$ 3

Declaração foi feita pelo prefeito Gilberto Kassab na manhã desta terça-feira (28)

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) afirmou na manhã desta terça-feira (28) que a tarifa de ônibus vai subir de R$ 2,70 para R$ 3. O reajuste passa a vigorar a partir da 0h do dia 5 de janeiro. A declaração foi feita durante uma vistoria no córrego Aricanduva, na zona leste da São Paulo.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o Bilhete Único, que faz integração com metrô e trem, vai custar R$ 4,29. Os estudantes pagarão o valor de R$ 1,50 pelo mesmo benefício.

Segundo a SPTrans (Secretaria Municipal de Transportes), o bilhete único passará a ter validade de três horas em vez de duas.

O aumento na passagem de ônibus, que equivale a 10%, é quase o dobro da inflação registrada neste ano, que está em 5,63%.

O vereador Milton Leite (DEM), relator do Orçamento da cidade de São Paulo para 2011, havia adiantado em entrevista ao R7, no último dia 2, que o aumento da tarifa de ônibus na capital poderia ultrapassar R$ 2,90 já em janeiro do próximo ano.

Em janeiro de 2010, os paulistanos passaram a pagar R$ 2,70 pela passagem de ônibus em vez dos R$ 2,30 que vigoravam à época – o que representou uma inflação de 4,58% segundo o IPC (Índice de Preços ao Consumidor), levantamento realizado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) no ínicio do ano.

Fonte: R7

+ sobre o tema

O avanço dos mandatos coletivos

A cidade com o maior Índice de Desenvolvimento Humano...

Chegou a hora do basta – por Sakamoto

No quarto dia de...

Pós-Obama, negros estão mais otimistas quanto ao futuro

Pesquisa divulgada ontem mostra também que a avaliação do...

para lembrar

“É uma reforma da Previdência muito perversa com as mulheres”

Ao mesmo tempo em que dificulta o acesso à...

Programas assistenciais representam 28% da renda dos mais pobres, diz IBGE

Os programas de transferência de renda, como o Bolsa...

De apertos e sinhazinhas

Ainda bem menina descobri que as roupas e a...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=