Pedagogia a distância tem mais candidatos que curso da USP

Lançado há um ano sob críticas, o curso de pedagogia a distância do governo estadual e da Unesp terá na cidade concorrência superior ao da USP, que é presencial.

Fonte: Folha de São Paulo
Serão 15,8 candidatos por vaga. No último vestibular da USP, foram 7,7.
As aulas do curso, que integra a Univesp (Universidade Virtual de SP), começarão em 2010. O vestibular ocorre em 6 de dezembro.
O programa oferece vagas apenas para professores que já atuam nas escolas públicas de ensino infantil ou fundamental. O curso da USP é aberto a qualquer aluno.

+ sobre o tema

Fuvest divulga prova e gabarito da primeira fase do vestibular

Exame foi aplicado neste domingo (28). Lista de aprovados será...

STJ suspende todas liminares do Enem e Sisu

As liminares concedidas em todo o país garantindo...

Cai qualidade das escolas estaduais do Grande ABC

Por: Camila Galvez     O Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação...

Sancionada lei que prevê apoio a indígenas na educação superior

O apoio ao acesso de povos indígenas ao ensino...

para lembrar

Projeto leva carimbós a alunos da rede pública

A Amazônia é quase uma entidade. Estende-se por...

Prazo para pedir correção invertida do Enem termina nesta sexta-feira

Sistema ficará no ar até as 23h59. Cabeçalhos do...

ProUni encerra inscrições nesta terça para 123 mil bolsas de estudo

Programa oferece mais de 123 mil bolsas em universidades...
spot_imgspot_img

Estudo mostra que escolas com mais alunos negros têm piores estruturas

As escolas públicas de educação básica com alunos majoritariamente negros têm piores infraestruturas de ensino comparadas a unidades educacionais com maioria de estudantes brancos....

Educação antirracista é fundamental

A inclusão da história e da cultura afro-brasileira nos currículos das escolas públicas e privadas do país é obrigatória (Lei 10.639) há 21 anos. Uma...

Faculdade de Educação da UFRJ tem primeira mulher negra como diretora

Neste ano, a Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tem a primeira mulher negra como diretora. A professora Ana...
-+=