Petição on-line pede o fim da objetificação das mulheres na publicidade

As mulheres são frequentemente exibidas em anúncios publicitários de forma estereotipada ou então são usadas como objetos sexuais, principalmente em propagandas de cerveja. Ainda hoje, muitos comerciais contribuem para a existência da chamada “cultura do estupro” na sociedade.

no Catraca Livre

Em luta contra o machismo nos meios de comunicação, foi lançada uma petição no site Avaaz que pede o fim da objetificação feminina na publicidade. O abaixo-assinado, que já conta com cerca de 10 mil assinaturas, será entregue ao CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária).

“Queremos que a publicidade pare de tratar a mulher como um objeto para satisfação masculina, a fim de acabarmos com a cultura do estupro”, diz o texto. Para apoiar a petição,

clique neste link.

+ sobre o tema

Projeto Memória Lélia Gonzalez homenageia a luta antirracista

A ministra Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de...

Kristen Stewart e a cantora Soko estão em clima de romance.Felicidades ao novo casal!

A atriz Kristen Stewart vive dias de puro romance com a...

Thorning-Schmidt é nomeada primeira-ministra da Dinamarca

A líder dos social-democratas dinamarqueses, Helle Thorning-Schmidt, foi oficialmente...

para lembrar

Atrizes de Hollywood lançam fundo de defesa contra assédio sexual

Chamado de Time’s Up, o plano inclui apoio subsidiado...

Representantes da AMNB fazem reunião com ministra Luiza Bairros

Por volta do meio dia desta quinta-feira (14), as...

Animação fofa mostra um pai afro-americano aprendendo a pentear o cabelo da filha pela primeira vez

Animação fofa mostra um pai afro-americano aprendendo a pentear...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

Lançamento do livro “A importância de uma lei integral de proteção às mulheres em situação de violência de gênero”

O caminho para a criação de uma lei geral que reconheça e responda a todas as formas de violência de gênero contra as mulheres...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...
-+=