Por que Emma Watson não participará mais de campanhas de beleza?

Defensora dos direitos da mulher, atriz de 25 anos atua como Embaixadora da Boa Vontade da ONU para mulheres desde 2014

no Catraca Livre

Emma Watson, ferrenha combatente na luta pelos direitos da mulher, anunciou que não participará mais de propagandas de beleza e estética. Após quatro anos à frente de campanhas de um produto que clareia manchas na pele, atriz decidiu rescindir o contrato com a empresa.

“Muitos artistas têm um controle limitado de como sua imagem é usada, uma vez o contrato é assinado. Eu não posso comentar sobre acordos contratuais anteriores da minha cliente”, disse o assessor de Emma.

“No entanto, ela não participará mais de publicidades de produtos de beleza, já que nem sempre esses refletem a diversidade da beleza feminina”.

+ sobre o tema

Vamos parar de nos incomodar com mulheres que não querem filhos

Acho que todos concordamos que as mulheres estão sujeitas...

Miss é eliminada por ser mãe. Em que ano estamos?

Elas precisam ser lindas, altas e magras. Além disso,...

Violência doméstica e os precipícios do machismo

Nas janelas, lenços brancos denunciam opressão. Surgem redes solidárias....

para lembrar

Homens (pró-)feministas: aliados, não protagonistas

Texto de Henrique Marques-Samyn. Em tempos recentes, houve no meio...

A “safada” que “abandonou” seu bebê

Como o mito da maternidade demoniza as mulheres ainda...

Pioneira inúmeras vezes, Glória Maria representava potência da mulher negra

A trajetória de Glória Maria, ícone da TV brasileira que morreu...
spot_imgspot_img

Documentário sobre Lélia Gonzales reverencia legado da ativista

Uma das vozes mais importantes do movimento negro e feminista no país, Lélia Gonzales é tema do Projeto Memória Lélia Gonzalez: Caminhos e Reflexões Antirracistas e Antissexistas,...

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

Lançamento do livro “A importância de uma lei integral de proteção às mulheres em situação de violência de gênero”

O caminho para a criação de uma lei geral que reconheça e responda a todas as formas de violência de gênero contra as mulheres...
-+=