Porto Seguro: Dono de restaurante expulsa clientes após comentário racista sobre garçom

O dono de um restaurante em Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia, expulsou um casal de turistas após fazerem comentários racistas sobre um dos funcionários do estabelecimento.  O caso ocorreu neste sábado (23), no restaurante Alecrim. Em publicação feita em rede social, o empresário italiano Roberto Mancini contou que os clientes trataram mal o garçom da casa. “Um casal de turistas entra em nosso restaurante e, por não gostar do nosso garçom, Leo, que é negro, e da Bahia, diz que ‘Princesa Isabel foi errada em ter libertado os escravos’”, conta. De acordo com o site Plantao Itabuna, Mancini foi à mesa do casal e pediu que eles terminassem de tomar a cerveja, que seria por conta da casa, e fossem embora. “Em nosso estabelecimento não iremos tolerar nenhum tipo de preconceito ou ‘piadas’ neste sentido. Lamentável, ainda existe gente assim em todo lugar”, criticou.

Por Samuel Celestino, do Bahia Notícia

+ sobre o tema

para lembrar

Ator é vítima de racismo durante espetáculo:’Isso não pode ficar impune’

Uma espectadora interrompeu a peça e deu uma banana No...

Grupo antirracismo critica apoio do Liverpool a Suárez

Um grupo que realiza campanhas contra o racismo no...

Minas registra um novo caso de racismo a cada 22 horas e 16 minutos

Expressivo, número de crimes raciais levados aos tribunais está...

Austrália propõe mudar lei, mas aborígenes querem mudança real

Por: Liz Lacerda Alison Golding tinha 10 anos...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=