Prêmio literário para escritoras e escritores negros de todo país está com inscrições abertas

Enviado por / FonteDo Brasil de Fato

Organizado pela produtora A|Borda, de Belo Horizonte, Prêmio Maria Firmina aceita obras publicadas e inéditas

Com o objetivo de combater o “epistemicídio”, a Casa de cultura e a produtora cultural “A|Borda” lança o Prêmio Maria Firmina de Literatura. O período de inscrição vai até 20 de agosto e podem se inscrever obras publicadas entre janeiro de 2018 e dezembro de 2020 (categorias ficção, não-ficção e poesia) ou inéditas.

O projeto toca em um ponto de urgente debate: o epistemicídio. Termo cunhado pela filósofa Sueli Carneiro, significa a negação aos negros da condição de sujeitos de conhecimento. “Por meio da desvalorização, negação ou ocultamento das contribuições do Continente Africano e da diáspora africana ao patrimônio cultural da humanidade”, afirma a filósofa em sua tese de doutorado.

Os organizadores do prêmio analisam que a falta de negras e negros no meio literário não é sinônimo da sua não existência, mas sim de um apagamento e silenciamento histórico. Assim, a sociedade demanda por projetos que prestigiem, valorizem e propaguem a produção literária e intelectual de figuras negras, como aponta a idealizadora Karine Bassi.

“Este prêmio, enfim, se torna um caminho de fortalecimento das raízes ancestrais e preza pela afirmação da identidade, não significa apenas uma manobra reparativa, mas sim, uma ferramenta de luta política e social de expressivo valor”, explica Bassi.

Inscrições e premiação

As inscrições para o Prêmio Maria Firmina de Literatura estão abertas até 20 de agosto, e podem ser feitas pelo site da organização do evento. Cada primeira(o) colocada(o) receberá uma premiação em dinheiro e terá sua biografia divulgada através de cerimônia na Festa Literária das Periferias (FLUP).

A Casa de cultura e produtora Cultural “A|Borda”, que organiza o prêmio, nasceu na região do Barreiro, periferia de Belo Horizonte (MG), criada a partir de atividades sociais e culturais desenvolvidas com o Coletivoz. Trabalha para a valorização e distribuição da cultura local, incidindo para alavancar as diversas artes das periferias e pequenas ocupações urbanas.

+ sobre o tema

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)...

Inscrições para o Enem 2024 terminam nesta sexta-feira (7)

Termina nesta sexta-feira (7) o prazo para realização das...

para lembrar

Polêmica sobre racismo na obra de Monteiro Lobato continua

Na semana passada, PGR aconselhou o STF a indeferir...

Inscrições para o Fies 2018 terminam neste domingo (22)

As inscrições para o Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do...

8 projetos de meninas que estão combatendo o racismo na escola

Meninas negras de várias regiões do país mostram como...

Resenha do livro: África e Brasil Africano para a sala de aula

Confira a resenha da autoria de José Alexandre da...
spot_imgspot_img

Harvard lança mais de 100 cursos gratuitos e legendados em português

Os cursos disponíveis são divididos nas áreas a seguir. Artes e Design; Negócios e Gestão; Ciência da Computação; Ciência de Dados; Ciência e Engenharia; Ciências Sociais; Desenvolvimento Educacional e Organizacional; Humanidades; Matemática e...

UnB abre vagas na especialização gratuita em Políticas Públicas e Tecnologias Educacionais

A Universidade de Brasília (UnB) abriu 26 vagas na especialização gratuita em Políticas Públicas e Tecnologias Educacionais, que serão divididas da seguinte maneira: 15 vagas...

Inscrições no Enem 2024 são prorrogadas até 14 de junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram prorrogadas até o dia 14 de junho, anunciou o ministro da Educação, Camilo Santana,...
-+=