terça-feira, agosto 9, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaPresidente da Guiné Equatorial pede que se repare "injustiça histórica" para com...

Presidente da Guiné Equatorial pede que se repare “injustiça histórica” para com África

“É irónico que, embora os assuntos africanos constituam 75% da agenda do Conselho de Segurança, África não tenha plena voz e esteja em inferioridade de condições nesse órgão quando é para abordar assuntos de importância vital para o continente”, disse o Presidente da Guiné Equatorial, Obiang, durante o seu discurso na 75.ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em vídeo pré-gravado devido à pandemia de covid-19.

O Presidente da Guiné Equatorial acrescentou que a Guiné Equatorial “acredita firmemente nos três pilares” da ONU, referindo-se ao “desenvolvimento, direitos humanos, e paz e segurança”, e defendeu a “supremacia do direito internacional que se baseia na Carta das Nações Unidas”.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench