Primeira edição da Ocupação Afro Futurista movimenta a Lapa

A performance cosplay de heróis negros nos corredores e escadarias da estação da Lapa atraiu olhares curiosos. A ação integra a programação da 1ª edição da Ocupação Afro Futurista, uma iniciativa fruto de parceria entre a Aceleradora Vale do Dendê e do Instituto Mídia Étnica (IME), com patrocínio da organização Seja Digital.

O encontro tem atividades até a próxima sexta-feira, 11, com debates e palestras com representantes nacionais e internacionais das ciências, tecnologia, negócios e artes.

Com ampla programação, o evento surge em meio ao processo de fortalecimento de projetos para o desenvolvimento da cidade em aspectos tecnológicos, com destaque para o trabalho de makers – pessoas que elaboram o próprio projeto ou pesquisa –, e também para artistas que atuam nas periferias de Salvador.

Para Rosenildo Ferreira, cofundador da Aceleradora Vale do Dendê, o evento tem a dinâmica da preocupação com a cultura e valorização de projetos locais. “Serão quatro dias de debates e palestras para mostrar como os jovens negros estão produzindo tecnologia com foco nas necessidades sociais”.

De acordo com um dos diretores do Instituto Mídia Étnica, Rosalvo Neto, o evento surge como oportunidade para discutir de forma ampla o passado e o futuro direcionados a aspectos tecnológicos e culturais.

“Escolhemos a Lapa, pois é um lugar de grande circulação e tem uma diversidade de raça e gênero. Então, a proposta é justamente atrair as pessoas e mostrar que o jovem negro pode participar de áreas de ciência e tecnologia”.

“Partícula de Deus”

Um dos pontos altos do evento é a participação do astrofísico Antônio Copete, pesquisador na Universidade Harvard e integrante da Nasa, no último dia do evento. “Ele vai falar sobre como a educação e o estímulo à ciência podem ajudar jovens a seguirem o mesmo caminho que ele”, conta Rosalvo.

Antônio Copete participou da equipe que descobriu a “partícula de Deus”. Afro-latino de descendência colombiana, nascido numa comunidade excluída, o astrofísico, desde muito jovem, destacou-se pelo interesse em matemática.

O evento conta, também, com a presença do coletivo Fa.Vela (Belo Horizonte), o Preta.Lab (Rio de Janeiro) – que trabalha com inclusão de mulheres negras e indígenas na tecnologia –, da jornalista Maíra Azevedo, a Tia Má, do executivo de negócios Paulo Rogério e da fotógrafa Helemozão.

Além dos shows de Japa System, Ana Dumas, AfroBapho e Àttooxxá, o evento traz vídeo mapping com VJ Gabiru e oficina de stop-motion e vídeo com dispositivos móveis.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

+ sobre o tema

“Eu sabia da desigualdade racial, mas não fazia nada porque não estava ao meu redor”, diz Giovanna Ewbark em vídeo

Atuando há cerca de um ano como youtuber, Giovanna Ewbank comemorou a...

Angola Janga: a resistência de Palmares em quadrinhos

O Quilombo dos Palmares, um dos principais do período...

Dono do melhor disco do ano, Rincon Sapiência lança a sensacional “Afro Rep”; assista

O rapper lançou seu primeiro álbum de estúdio, Galanga...

Novidade no pop nacional: grupo Donas mal chegou e já é viral no Spotify Brasil

Tem novidade na música brasileira! Essas meninas mal chegaram...

para lembrar

Michael Jackson vai virar estátua na favela Dona Marta

RIO - "Máicôu!", gritava nesta sexta, 26, a garotada...

Jay Z faz paródia de ‘Friends’ só com atores negros em novo clipe

Jay Z lançou nesta sexta-feira seu novo videoclipe, "Moonlight",...

‘As Meninas Superpoderosas’ terá uma nova protagonista. E ela será a 1ª heroína negra da série

As Meninas Superpoderosas vão ganhar uma companheira de aventuras...

DEUSA DO ÉBANO: Abertas as inscrições para a 39º Noite da Beleza Negra do Ilê Aiyê

39º Noite da Beleza Negra. Foram abertas nesta segunda-feira (2/10)...
spot_imgspot_img

Oprah Winfrey completa 70 anos com um império de R$ 17 bilhões

A apresentadora, empresária e atriz Oprah Winfrey completa 70 anos, nesta segunda-feira, e vive um momento chave na carreira como produtora da nova versão...

Enredo e Samba: Portela vai homenagear as mulheres negras

A Portela vem para o carnaval de 2024 com a missão de abordar o romance da escritora Ana Maria Gonçalves, e vai refazer os...

Juliana Alves: ‘Sempre tive a minha carreira como um instrumento de transformação social’

A trajetória artística de Juliana Alves começou ainda na infância. Aos 4 anos de idade, já fazia aulas de dança e entrou para o teatro aos...
-+=