Professor da UFMT suspeito de filmar aluna em banheiro de campus é demitido

Caso foi denunciado em setembro do ano passado por uma estudante do campus de Rondonópolis. O professor negou a acusação e diz que vai recorrer da demissão.

Do G1 

Um professor do curso de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, foi demitido por supostamente filmar uma aluna em um dos banheiros da instituição. O caso foi denunciado em setembro do ano passado, quando uma aluna registrou um boletim de ocorrência contra Marcondes Alves Barbosa da Silva e denunciou o caso.

Ao G1, ele negou que tenha filmado a estudante e deve recorrer da demissão. Por meio de assessoria, a UFMT confirmou a demissão do professor.

À época, de acordo com a Polícia Civil, a estudante contou que foi em um dos banheiros da universidade e, quando estava numa das cabines individuais sem roupa, avistou um celular embaixo da porta.

Neste momento, ela empurrou a porta da cabine e saiu, porém não viu ninguém. A aluna decidiu esperar do lado de fora até que a pessoa saísse.

Ainda segundo o depoimento dela, pouco tempo depois, o professor saiu de dentro do banheiro feminino, usando o telefone. A estudante o confrontou e pediu que ele apagasse as imagens.

O professor teria admitido que estava filmando a estudante e alegou que tinha problemas, mas que apagaria as imagens do celular.

Ao G1, Marcondes afirmou que não há provas contra ele e que deve recorrer da demissão para voltar a lecionar na instituição. “Esta demissão é uma injustiça porque eu não filme ninguém”, declarou.

Quando o caso foi denunciado, as universitárias fizeram um protesto contra o professor. Elas se pintaram de vermelho e usaram faixas na boca para protestar contra o desrespeito às mulheres. Elas se mantiveram em silêncio durante a comemoração dos 40 anos da instituição naquele município. Na boca, faixas com a frase “o silêncio aterroriza” simbolizavam os casos de violência que não são denunciados.

+ sobre o tema

Médico do Rio de Janeiro é acusado de agredir mulheres durante o parto

Um médico da rede pública municipal do Rio de...

Mulheres do mundo inteiro debatem sobre feminismo em vários Sescs

Além das rodas de conversa, acontecem shows de Ellen...

A filosofia e a ciência também legitimam a desigualdade de gênero

A teoria afirma que entre todos os elementos que...

Assista ao trailer do documentário “O silêncio dos homens”

Meses de gravações. 40.000+ pessoas escutadas em nossa pesquisa....

para lembrar

Advogada transexual tenta uma vaga em tribunal máximo da Venezuela

Tamara Adrián chegou à terceira etapa de seleção para...

Travesti é jogada de viaduto após ser agredida por homens

De acordo com dados da Transgender Europe em 2015,...

Papa Francisco autoriza sacerdotes a perdoar mulheres que fizeram aborto

Pontífice determina que perdão seja dado durante o Ano...

Violencia sexual lleva 197 víctimas en seis meses

El estudio destaca que entre las mujeres abusadas, en...
spot_imgspot_img

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...

Após um ano e meio fechado, Museu da Diversidade Sexual anuncia reabertura para semana da Parada do Orgulho LGBT+ de SP

Depois de ser interditado para reformas por cerca de um ano e meio, o Museu da Diversidade Sexual, no Centro de São Paulo, vai reabrir...
-+=